AS HISTÓRIAS (REAIS) DE UM TAXISTA

taxi 1

Correio Brasiliense – Marcelo Abreu

“A história chegou assim à redação: “O taxista mais antigo de Brasília em atividade continua rodando. E faz ponto no aeroporto. Segundo o filho dele, o pai tem ótimas histórias para contar desde a época da construção da cidade. Ele foi comerciante, antes de ser taxista”. Taís Braga, coordenadora de reportagem, sempre empolgada com todas as coisas que lhe caem à mão e conhecedora das coisas de gente, me disse: “É a sua cara. Vai lá e faz uma linda matéria…”. Pensei: “Histórias de taxistas devem ser muito parecidas com as de pescadores. Ambas são de uma imaginação sem tamanho. Há um tanto ou todo o tanto de lorota”.

Partimos para a QF 14, no Riacho Fundo I. Final de tarde da última sexta-feira. Lá, um homem de calça social, camisa de manga curta, também social, e sapatos escuros engraxados com esmero,…” (Leia mais)

Tags: , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: