NA BUBUIA

“AUTORA DO MELHOR DISCO DE 2009, CÉU FALA DE SUA MÚSICA E DE COMO LEVA A VIDA NO PRESENTE”

Trip – Guilherme Werneck / Fotos Marcelo Gomes

“É uma tarde de outubro de 2009. Me encontro com Maria do Céu Whitaker Poças, a cantora Céu, logo após o show do lançamento de Vagarosa, seu segundo álbum, em um apartamento em Pinheiros.

Céu abre um espaço na agenda para falar com a Trip. Mas está com pressa. Logo mais, ela embarca para a Europa para promover o novo trabalho. “Por lá toco em lugares bacanas, pequenos mais legais. Sou considerada uma cantora de jazz”.

É uma visão curiosa dessa cantora que transcende rótulos. Desde o álbum Céu, lançado em 2005, ela trafega por vários estilos. Mais do que isso, trabalha para embaçar a fronteira entre gêneros. O que fica claro em Vagarosa, considerado o melhor disco de 2009 em uma série de listas da imprensa especializada.

O segredo de Vagarosa, que não deixa de ser o de Céu, é saber que as coisas têm peso, volume, lugar. Em cada faixa do disco, mais do que cantar bem, ela busca o canto exato, sem arestas, sem excessos. Também na produção. A música não é aquela que se pauta pelo virtuosismo. Sua virtude justamente é a de deixar as texturas respirarem, deixar que os instrumentos conversem, prestar atenção às dinâmicas e aos espaços…” (Leia e comente)

Tags: , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: