BRINQUEDOS DA NOITE

Portal Literal – Paulo Valença

“Prepara-se para sair. Veste a blusa vermelha, as calças brancas, escolhe as sandálias pretas e, defronte ao espelho, devagar passa o creme sobre as faces. Pensativa. O Marcos irá encontrá-la naquele barzinho à beira-mar, ali em Olinda. Está tudo certo. Como sempre, ele será pontual, não faltará ao encontro. Conhece-o bem. Um cara de palavra, à moda antiga.
Sorri com a frase “à moda antiga…” Sacode os cabelos para trás, num gesto nervosinho, gracioso e erguendo-se da banqueta cruza o quarto.
Desce a escada em caracol, sob o olhar da mãe na cadeira de rodas, afasta-se apressada. Não, não quer vê a imagem da senhora magra, envelhecida, acabando-se na doença sem cura, vivendo (vivendo?) de remédios. E saber que chegará à hora na qual terá de internar a mãe, na preparação da morte! Mas, assim é a vida. Os imprevistos. A sentença determinada.
No oitão da residência, entra no automóvel e logo está na avenida ainda bem movimentada nessa noite da sexta-feira, em que como uma tradição, os casais buscam os bares, os recantos com música, “embalos”.
Um dia, numa hora, todo esse seu presente, como é natural, se converterá em lembrança. Até lá…
– Danem-se as reflexões!
O desabafo baixinho, na voz rebelde, em protesto do que lhe sucederá.
Dirige com precaução, evitando uma “batida”, ou um atropelamento. Consulta o relógio, no pulso: 9, 39. O Marcos deve estar chegando. Que merda: esqueceu o celular!… Moreno, alto, esguio. Sorridente, charmoso,…” (Leia e comente)

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: