Archive for the ‘Política’ Category

A DESINFORMAÇÃO COMO ESTRATÉGIA POLÍTICA DESAFIA O JORNALISMO

10/12/2016

banner

Observatório da Imprensa por Carlos Castilho

O presidente eleito dos Estados Unidos Donald Trump não é o primeiro político a usar a desinformação para encurralar adversários e seduzir eleitores, mas ele é seguramente quem a oficializou como estratégia prioritária de comunicação nas semanas que antecedem a mudança de governo na nação mais poderosa do planeta.

Desinformação é o processo pelo qual uma notícia falsa, parcialmente falsa, conceitos distorcidos ou fatos fora de seu contexto são sistematicamente difundidos por… Continue lendo

O DESMANCHE NEOLIBERAL

07/12/2016

luis_fortuno_rata_neoliberal_by_latuff2

Revista Cult

A REFORMA DAS INSTITUIÇÕES POLÍTICAS RESTRINGE A PARTICIPAÇÃO POPULAR NAS DECISÕES PÚBLICAS,
E A DEFESA DOS DIREITOS CIVIS INEXISTE

Neste Especial, os professores Ruy Braga, do Departamento de Sociologia da USP, e Alvaro Bianchi, do Departamento de Ciência Política da Unicamp, explicam as heranças e consequências do neoliberalismo, que nas palavras de Laurence Cox e Alf Gunvald Nilsen, apresenta-se como um “movimento social ofensivo ‘dos de cima’” cujo objetivo é promover um amplo ajuste social capaz de concatenar as necessidades empresariais num contexto de crise de acumulação às exigências de reprodução da ordem política diante da crise de legitimidade promovida por um Estado nacional refém… Continue lendo

A VEREADORA OCTAGENÁRIA

03/11/2016

02-credito-camaramunicipaldecuritiba

Revista TPM por Marília Dissenha – Foto divulgação CMC

A PESSOA MAIS VELHA ELEITA VEREADOR NO BRASIL É MULHER E EM 12 ANOS DE CÂMARA NUNCA FALTOU OU SE ATRASOU PARA O TRABALHO. COM QUASE 89 ANOS, DONA LOURDES AINDA QUER FAZER MAIS NO PRÓXIMO MANDATO

Maria de Lourdes Beserra de Souza, mais conhecida como Dona Lourdes do Santa Quitéria, ocupa um gabinete na Câmara Municipal de Curitiba há 12 anos. Em 2017, ela segue no ofício como a candidata mais velha eleita no Brasil: no dia 3 de dezembro, completa 89 anos de idade, feliz e disposta. “Em todos esses anos de Câmara, não faltei nenhum dia, nunca me atrasei ou justifiquei. Então, é a prova de que eu tenho saúde e estou bem, né?”

O interesse pela política sempre existiu, embora a primeira candidatura tenha vindo apenas quando já estava aposentada, após 30 anos… Continue lendo

QUEM PRECISA DE FORÇAS ARMADAS?

17/06/2012

Carta Capital – Roberto Amaral

“Desgastadas política e socialmente com a ditadura (1964-1985), nossas Forças Armadas, desde o governo Fernando Collor, vêm sendo objeto de crescente (e burra) marginalização, que se aprofundou no governo Fernando Henrique Cardoso. Solícito no atendimento às diretrizes norte-americanas, o segundo Fernando foi diligente na política de tentar confinar nossas Forças em atividades típicas de polícia, como o combate ao contrabando e ao narcotráfico. Mas, justiça lhe seja feita, deu o pontapé inicial para a criação do Ministério da Defesa, boa ideia que ainda poderá vingar.

Já o governo Luiz Inácio Lula da Silva teve o grande mérito de aprovar a primeira Estratégia Nacional de Defesa com visão própria da inserção do Brasil no cenário geopolítico mundial. Finalmente, a presidente Dilma Rousseff (embora as Forças Armadas permaneçam cumprindo papel de polícia nos morros cariocas) avança na definição de programa…” (Leia e comente)

ALGUNS PASSOS ADIANTE RUMO A UM TRATADO PARA FACILITAR O ACESSO AO CONHECIMENTO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL

30/06/2011

A MISSÃO BRASILEIRA NA OMPI TEM FEITO UM ÁRDUO TRABALHO DURANTE A REUNIÃO DO COMITÊ DE DIREITO AUTORAL E CONEXOS (STANDING COMMITTEE ON COPYRIGHT AND RELATED RIGHTS – SCCR), NA ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL DE PROPRIEDADE INTELECTUAL (OMPI) PARA APROVAR UM TEXTO …

Cultura Livre por CTS

“A Convenção pelos Direitos de Pessoas com Deficiência, adotada em 13 de dezembro de 2006 no âmbito da ONU, estabelece princípios de não discriminação, igualdade de oportunidade e acesso para as pessoas com deficiência. As discussões desse tratado de direito humano chamam também a atenção para os desafios das pessoas com deficiência no que diz respeito ao acesso à materiais educacionais, de pesquisa e acesso à informação e comunicação.

Essas questões e outros temas essenciais ao desenvolvimento humano foram incorporados à discussão internacional do tema da propriedade intelectual, principalmente, com a adoção da Agenda do Desenvolvimento na OMPI. Em outubro de 2007, a Assembléia Geral adotou 45 recomendações para ampliar a dimensão desenvolvimentista das atividades da organização. Além do que, os Estados Membros também aprovaram uma recomendação para estabelecer o Comitê sobre Desenvolvimento e Propriedade Intelectual (CDIP). A discussão, portanto, condiz… (Leia e comente)

A IMPRENSA CANSADA

19/11/2010

Observatório da Imprensa – Alberto Dines

“Vinte dias depois de terminada uma das mais renhidas campanhas eleitorais, a chamada grande imprensa ainda não conseguiu se reencontrar. Parece nocauteada: não recuperou a sua energia, entonação, nem a velha dimensão.

Perdeu o jeito – na verdade a grande imprensa ficou pequena. Não conseguiu adaptar-se à súbita mudança nas esferas do poder. Parece de ressaca.

Não percebeu que até o dia 31 de outubro dependia exclusivamente do presidente da República, era viciada em Lula, ele comandava o espetáculo, ele comandava o noticiário. Agora, o presidente recolheu-se, passou a operar nos bastidores enquanto a sucessora está completamente absorvida pelo desafio de montar a sua equipe,…” (Leia e comente)

DILMA E TIRIRICA

01/11/2010

Folha.com – Gilberto Dimenstein

Dilma Rousseff se elege presidente no momento em que entramos no que considero a era dos educadores: nunca, em nenhuma eleição, se falou tanto da importância de investir no capital humano, ou seja, na formação dos indivíduos. Paradoxalmente, foi a eleição que fez de um palhaço suspeito de ser analfabeto uma de suas estrelas. Mas Tiririca está mais para o passado do que para o futuro.

Mais importante do que nossas riquezas naturais tão alardeadas, as descobertas do petróleo ou as obras de infraestrutura, é o preparo dos indivíduos para gerir suas vidas e inovar. Digo mais uma vez que essa é uma batalha tão ou mais complexa do que a abolição da escravatura.

Será que será uma mulher que vai simbolizar essa era, da qual Tiririca seja apenas um divertido palhaço?

Não sei de Dilma Rousseff vai conseguiu se marcar com um dos símbolos…” (Leia e comente)

O FIM DOS TEMPOS E A POLÍTICA DO GUETO

28/05/2010

Vi o Mundo – Luiz Carlos Azenha

“O fim do século 20 e o início do século 21 serão lembrados, dentro de algumas décadas, como um período de grandes transformações. Melhor não atribuí-las a este ou aquele movimento, este ou aquele partido, esta ou aquela ideia. Até porque, diriam os marxistas, movimentos, partidos e ideias ao mesmo tempo são resultado de e influenciam processos de transformação econômica.

O grande transformador do fim do século 20 foi o processo de urbanização acelerado na Ásia, África e América Latina, com a incorporação de milhões ao trabalho assalariado. Para o bem e para o mal, provocou o rompimento de padrões centralizadores de comando e decisão — tanto dentro das famílias quanto das comunidades. A educação deixou de ser um privilégio para se converter em um direito, ainda que não garantido em vastas porções do planeta. O capitalismo precisou da mão-de-obra feminina e logo providenciamos o “feminismo” para justificar a dupla jornada de trabalho das mulheres, que continuam ganhando menos que os homens pelas mesmas tarefas. À precarização recente das condições de trabalho chamamos de “modernidade” ou “ganhos de produtividade”.

Não deixa de ser um período com as suas ironias. O presidente Lula costuma dizer, com razão,… (Leia e comente)

PRESSIONADA, CÂMARA DEVE VOTAR ‘FICHA LIMPA’ NESTA TERÇA

04/05/2010

“PARA SENADORES GOVERNISTAS E DA OPOSIÇÃO, O SENADO
NÃO TEM ALTERNATIVA…”

Época

“Impulsionado pela pressão popular, o projeto “Ficha Limpa”, que impede a candidatura de políticos com condenações na Justiça, deve ser votado nesta terça-feira (4) na Câmara dos Deputados. O plenário da Casa promete analisar tanto a urgência da proposta como o mérito. Em seguida, a matéria será encaminhada ao Senado, onde se fala em análise rápida. Em ano eleitoral, há senadores que defendem a aprovação sumária do projeto para livrar a Casa da marca de corporativista.

Nesta segunda (5), senadores defenderam que a proposta seja votada no Senado como vier dos deputados. Qualquer eventual modificação no texto exige que a proposta volte para a Câmara, a Casa de origem, o que inviabilizaria a adoção da lei nas eleições deste ano. Para valer nas próximas eleições de outubro, o texto tem de encerrar sua tramitação no Congresso e receber sanção presidencial até 6 de junho,…” (Leia e comente)

EUA ANUNCIAM US$ 1,15 BILHÃO EM AJUDA PARA A RECONSTRUÇÃO DO HAITI

31/03/2010

Correio Brasiliense

“A secretária de Estado americana Hillary Clinton anunciou nesta quarta-feira uma ajuda de 1,15 bilhão de dólares para a reconstrução de Haiti depois do terremoto de janeiro passado.

“Os Estados Unidos se comprometem com 1,15 bilhão de dólares para a recuperação e a reconstrução do Haiti a longo prazo”, afirmou Hillary ante os participantes na conferência de doadores em Nova York.

“Este dinheiro se destinará ao plano do governo haitiano nas áreas de agricultura, energia, saúde, segurança e governabilidade”, acrescentou Clinton.

Ao inaugurar o encontro, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu o financiamento de um “futuro melhor” para o Haiti…” (Leia e comente)