Posts Tagged ‘Amazônia’

ALI SE FAZ, AQUI SE PAGA – AS QUEIMADAS E A SECA NA AMAZÔNIA

18/11/2010

National Geographic – Rodrigo Baleia

“Enquanto estava editando as imagens da seca que atingiu níveis recordes na Amazônia, pensava o quanto esse seria mais um post com imagens apocalípticas da região, como o que havia feito sobre as queimadas.

Então, vejo um sinal de e-mail recebido no canto da tela do computador. Ao abri-lo, vem o link de uma notícia publicada no site do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), que reproduzo a seguir:

Depois de dois anos, aerossóis de queimadas aumentam na Amazônia

09/11/2010

A emissão de aerossóis, fuligem de queimadas em suspensão na atmosfera, aumentou significativamente na Amazônia em relação aos dois últimos anos (2008 e 2009). A constatação é do grupo de pesquisa de Qualidade do Ar, do CPTEC/INPE. Os aerossóis são emitidos pelas queimadas, produtos da queima da biomassa, com maior incidência nos meses de agosto e setembro. O pesquisador do CPTEC, Saulo Freitas, explica que as emissões de queimadas das regiões centrais e norte do País teriam migrado neste período para o oeste e noroeste da Amazônia,…” (Leia, comente e veja mais fotos)

Anúncios

BRITÂNICO PERCORRE A PÉ TODA A EXTENSÃO DO RIO AMAZONAS

02/08/2010

PARA CHAMAR ATENÇÃO PARA A FLORESTA, ED STAFFORD DEIXOU O PERU EM ABRIL DE 2008 E CHEGARÁ À COSTA PARAENSE
NO DIA 9 DE AGOSTO.

G1.com

“Um britânico está a pouco mais de uma semana de terminar uma caminhada de quase dois anos e meio em que terá percorrido, a pé, a trajetória do rio Amazonas da nascente à foz.

Ed Stafford, 34, de Mowsley, em Leicesteshire, no centro da Inglaterra, começou sua jornada de 9,5 mil quilômetros no dia 2 de abril de 2008 no monte Mismi, no Peru, e espera terminar no próximo dia 9 de agosto, na costa paraense.

“Todo mundo me disse que era impossível, e isso me fez querer provar que eles estão errados”, disse o ex-capitão do Exército britânico, que ajudou a missão da ONU no Afeganistão e aconselhou a BBC na produção de documentários sobre meio-ambiente.

A viagem tem como objetivo chamar a atenção da comunidade internacional para a Amazônia. A aventura pode ser acompanhada pelo blog Walking the Amazon, que Ed atualiza através de um latpop, e de uma conexão de internet via satélite,…” (Leia e comente)

INTERNET É AMEAÇA A ESPÉCIES RARAS, ALERTAM CIENTISTAS

25/03/2010

A INTERNET ESTÁ SE TORNANDO UMA DAS MAIORES AMEAÇAS ÀS ESPÉCIES DE ANIMAIS EM PERIGO, ALERTARAM CIENTISTAS NO ENCONTRO DA CONVENÇÃO INTERNACIONAL DE COMÉRCIO DE ESPÉCIES EM PERIGO (CITES), DA ONU, EM DOHA, NO CATAR.

BBC

“Segundo ativistas, graças à internet nunca foi tão fácil comercializar qualquer coisa – desde filhotes de leão a peles de urso polar – em sites de leilões e salas de conversa na internet.

Várias propostas para restringir o comércio de espécies em perigo foram derrotadas durante o encontro da Cites, que reúne 175 países.

Ainda nesta semana, os representantes dos países vão votar mudanças no comércio do marfim.

Efeito da rede

Segundo a enviada especial da BBC ao encontro de Doha, Stephanie Hancock, cientistas afirmam que a internet está tornando o comércio internacional ilegal de espécies protegidas mais fácil do que nunca.

Milhares de espécies em perigo são comercializadas regularmente pela internet, com compradores e vendedores tirando vantagem do anonimato da rede e do grande mercado global que ela oferece…” (Leia e comente)

AMAZÔNIA PODE FICAR 10ºC MAIS QUENTE ATÉ 2060, DIZ ESTUDO

01/10/2009

amazonia pegando fogo

“UM AQUECIMENTO GLOBAL DE 4ºC DEVE TER CONSEQUÊNCIAS DRAMÁTICAS PARA A AMÉRICA LATINA E PODE SUBIR AS TEMPERATURAS NA REGIÃO AMAZÔNICA ENTRE 8ºC E 10ºC, O QUE LEVARIA À DESTRUIÇÃO DE GRANDE PARTE DA FLORESTA, DE ACORDO COM UM NOVO ESTUDO DO DEPARTAMENTO DE METEOROLOGIA BRITÂNICO (MET OFFICE).”

BBC Brasil – James Painter

“O cenário catastrófico pode se tornar realidade já em 2060 – quatro décadas antes do previsto pelo Painel Intergovernamental para Mudanças Climáticas (IPCC).

“Nas nossas melhores estimativas, um aquecimento global de 4ºC aconteceria na década de 2070. Mas em uma situação extrema plausível isso poderia acontecer em 2060”, disse à BBC Brasil o pesquisador Richard Betts, do Hadley Centre, a unidade do Met Office que estuda mudanças climáticas.

Os novos modelos climáticos computadorizados do Hadley Centre foram divulgados durante uma conferência na Universidade de Oxford e simulam situações em que altas emissões de dióxido de carbono são amplificadas pelo efeito de retroalimentação (feedback) dos ciclos de carbono…” (Leia mais e comente a matéria)

HORA DE ACORDAR

19/09/2009

acordar

WWF

Em 21 de setembro, os parceiros da Campanha TicTacTicTac, em conjunto com milhares de indivíduos, farão  soar o alarme global em cidades, municípios e comunidades por todo o mundo.

O WWF-Brasil já faz parte desse movimento. Você também pode participar. Localize no mapa o evento mais próximo de você e se inscreva. Se quiser crie sua própria atividade, convide seus amigos e mostre ao mundo que você faz parte desse movimento.

Utilize alarmes, telefonemas, eventos e performances, nós precisamos da sua ajuda para organizar uma mobilização em massa e fazer muito barulho na segunda-feira, dia 21 de setembro, véspera do encontro de chefes de estado em Nova York e da conferência do G20 em Pittsburgh.

Queremos um acordo global de clima justo e ambicioso a ser assinado em Copenhague em dezembro. Para isso será preciso fazer pressão suficiente para que os líderes mundiais não o possam ignorar…” (Leia mais e comente a matéria)

VÍDEOS RELACIONADOS

GOVERNO FEDERAL DIVULGA ZONEAMENTO AGROECOLÓGICO DA CANA-DE-AÇÚCAR

18/09/2009

cana

Globo Rural

A proposta de zoneamento agroecológico da cana-de-açúcar, lançada nesta quinta-feira (17/09) pelo governo federal, proíbe a construção de novas usinas e a expansão do plantio em qualquer área da Amazônia, do Pantanal, da Bacia do Alto Paraguai ou em vegetação nativa de outros biomas. O projeto ainda será encaminhado ao Congresso Nacional.

Essas áreas, somadas àquelas onde o plantio já não é permitido, como as unidades de conservação e terras indígenas, fazem com que fique proibido o plantio da cana em 92,5% do território brasileiro. As proibições previstas pelo zoneamento estabelecem que estarão aptos ao plantio da cana-de-açúcar 64 milhões de hectares. Considerando os novos critérios, a expansão da cana-de-açúcar poderá ocorrer em 7,5% do território nacional…” (Leia mais e comente a matéria)

“A INTERNET PÔS O CONSUMIDOR NO COMANDO”

24/08/2009

helio mattar

Isto É Dinheiro – Rosenildo Gomes Ferreira

“Mestre e doutor em engenharia industrial pela Universidade de Stanford, Helio Mattar, 61 anos, comandou grandes corporações como a GE-Dako. No início da década, ele deixou a carreira executiva para se dedicar ao terceiro setor.

À frente do Instituto Akatu, que no idioma tupi-guarani significa mundo melhor, Mattar se tornou referência no debate sobre consumo sustentável. “As empresas que quiserem sobreviver terão de adotar uma postura transparente e valorizar a responsabilidade socioambiental”, avalia.

Nesta entrevista à DINHEIRO ele também critica a miopia do governo na questão da destinação de resíduos e defende a concessão…” (Leia mais)

VIOLÃO SEM VIOLAÇÃO

05/08/2009

rubens gomes

Galileu – Tatiana Silvestri

“Uma coisa é ler que “tantos campos de futebol” de vegetação desaparecem diariamente na Amazônia. Outra é ver pedaços da mata desaparecerem diante do nariz. É o que vem acontecendo ao longo dos 50 anos de Rubens Gomes. Nascido em Porto Grande, no Acre, ele acompanhou o estrago que a extração de manganês fez na paisagem que servia de fundo para as suas brincadeiras infantis. Quando chegou à adolescência, encontrou nos movimentos ambientais uma maneira útil para descarregar a rebeldia natural da idade. Desde então, vem trabalhando no desenvolvimento de fórmulas para que as comunidades que moram em meio à floresta vivam,…” (Leia mais)

Oficina de Escola de Luthieria da AmazôniaOELA

CACIQUE DIZ QUE ÍNDIOS DA AMAZÔNIA PRECISAM DE “GUERREIROS POLÍTICOS”

31/07/2009

indio 2b

Folha Online – Paulo Cabral

“Odair José Borari só saiu pela primeira vez de sua aldeia aos 14 anos de idade. “Meu pai não deixava nem a gente ir para perto do rio porque os portugueses estavam lá”, diz.

“Temos os guerreiros que ficam na aldeia e que cuidam de nosso povo, mas precisamos também formar cada vez mais guerreiros políticos, que possam vir aqui para fora e lutar por nossos direitos”, diz…” (Leia mais)

VITÓRIA DA IMPUNIDADE?

01/07/2009

floresta impune

Ciência Hoje – Isabela Fraga

“PUNIÇÃO POR CRIMES AMBIENTAIS NA
AMAZÔNIA PARAENSE É PEQUENA, REVELA ESTUDO”

“A já conhecida impunidade brasileira chega aos cantos mais remotos do país. Um estudo realizado pelo Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) revela a ineficácia da responsabilização judicial na região amazônica paraense. A punição aos acusados em processos por crimes ambientais ocorridos em áreas protegidas do Pará é pequena e esbarra na lentidão da justiça…” (Leia mais)