Posts Tagged ‘Brasília’

BRASÍLIA VAI SEDIAR 12ª JORNADA BRASILEIRA DE QUALIDADE DE VIDA

17/05/2010

CorreioWeb – Admita-se

“Entre os dias 26 e 28 de maio, o Instituto Brasileiro de Qualidade de Vida (IBQV) realizará, em Brasília, a 12ª edição da Jornada Brasileira de Qualidade de Vida. Este ano, o evento terá como tema “Saúde, Qualidade de Vida e Direitos Humanos: Reflexões para a Construção da Cidadania”. O objetivo é estimular a reflexão e a criação de uma consciência sobre qualidade de vida e bem-estar em todos os âmbitos da existência dos indivíduos e da sociedade.

Em 2010, o evento inspira-se no artigo 1º da Declaração Universal dos Direitos Humanos: “Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão e consciência e devem agir em relação umas as outras com espírito de fraternidade”.

Junto com o evento, acontece também o 7º Fórum de Qualidade de Vida no Setor Público, cujo tema será “Saúde e Qualidade de Vida nas Organizações Públicas: Políticas para a Sustentabilidade”. Nele, serão discutidas…” (Leia e comente)

Anúncios

SARAU EM BANHEIROS PÚBLICOS DA CAPITAL

27/04/2010

QUEM PODERIA IMAGINAR QUE A POESIA INVADIRIA ESPAÇOS TÃO RESERVADOS? A POETA MARINA MARA DRIBLOU AS REGRAS E LEVOU CARTAZES COM TEXTOS BEM-HUMORADOS AMICTÓRIOS

Correio Brasiliense – Nahima Maciel

“É com jeitinho que Marina Mara, 31 anos, se aproxima do responsável pela limpeza dos banheiros da Feira dos Importados. “Vê se tem alguém lá?”, pede. Quando retorna, o moço já virou cúmplice da poetisa: “Pode entrar.” Marina entra então um universo frequentado apenas por homens. Acima dos mictórios do banheiro masculino, prega seis cartazes com poesias de autoria própria. Uma fala sobre TPM, a famosa tensão feminina. Outra discorre sobre o Mac Donald’s. A promoção é um “castigo” pedido pelo “número”, segundo a autora. Tem ainda um sobre cabelos e outro sobre viver em Brasília. Versos muito femininos, é verdade, mas também carregados de bom-humor. E, como estão na frente dos mictórios, fica impossível não fincar o olho.

O fundo dos cartazes é ilustrado com pinturas de Clarice Gonçalves, que só troca os rostos e formas femininos por eventuais e raras cenas urbanas. “É uma ideia belíssima por dois motivos”, repara o jornalista Edson Chaves, 57 anos,…” (Leia e comente)

PROCURA-SE UM GRANDE AMOR PELA INTERNET

11/04/2010

Correio Brasiliense – Mara Puljiz

“Encontrar uma pessoa especial para namorar parece ter se transformado em uma missão um tanto complicada para quem está solteiro em Brasília. Nos bares, boates e casas de shows da cidade, a paquera pode até acontecer -, mas, depois da festa, quase ninguém se anima a tentar algo mais sério com a pessoa que conheceu na noite anterior. Ligar no dia seguinte? Nem pensar. O tempo passa, a idade vem e a agonia da solteirice continua. Dadas as circunstâncias, a internet passou a abrigar um plano B. No site de relacionamentos Orkut, várias comunidades foram criadas para quem quer desencalhar.

Uma das mais populares é a Solteiros e Solteiras DF, com mais de 14 mil membros. Nela, os integrantes trocam e-mail, MSN e telefone, mas não fica apenas nisso. A conversa, que antes não ultrapassava os limites do mundo virtual, passou a exigir contatos diretos,…” (Leia e comente)

JOVENS DE BRASÍLIA CONCORDAM PARCIALMENTE COM A APLICAÇÃO DA LEI SECA

25/03/2010

É O QUE REVELA UMA PESQUISA DO DENTRAN, QUE MOSTRA,
AINDA, O POUCO USO DO EQUIPAMENTO
DE SEGURANÇA NO BANCO DE TRÁS

Correio Brasiliense – Adriana Bernardes

“O jovem raramente usa o cinto de segurança no banco traseiro. E, apesar de 88,5% concordarem com a proibição de dirigir alcoolizado, mais da metade deles, 55%, não se importam de pegar carona com o amigo que bebeu antes de pegar o volante. Os dados são da pesquisa A balada, o carona e a lei seca, do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), feita com jovens de seis capitais brasileiras, entre elas Brasília.

De acordo com o estudo, a contradição entre o que os futuros motoristas pensam da lei seca e o que fazem na prática revela a incapacidade dos jovens de intervir em uma situação com a qual não concordam. Os pesquisadores ouviram 868 adolescentes de Florianópolis, Curitiba, Belo Horizonte, Brasília, Recife e Porto Alegre. Os questionários foram aplicados durante o ciclo de palestras do projeto Trânsito Consciente, do Denatran, de 8 de outubro a 13 de novembro de 2009, em escolas das redes pública e privada de ensino…” (Leia e comente)

ESPECIAL PARA VOCÊ

07/03/2010

Correio Brasiliense

“Nada como uma boa provocação. Desde 1º de fevereiro, instigamos vocês, leitoras e internautas, a mostrarem a cara, o jeito, as vontades, os desejos, as preocupações, os modelos que as inspiram no dia a dia. A intenção era conhecer um pouco mais a mulher brasiliense e, por meio deste canal interativo, obter subsídios para nos ajudar a fazer a edição especial dedicada ao Dia Internacional da Mulher, comemorado hoje.

Foi uma grata surpresa a resposta ao nosso convite para uma parceria interativa, que rendeu uma edição com a cara da mulher brasiliense. Reunimos aqui o conteúdo produzido a partir desse esforço conjunto entre as equipes da Revista e do Correio.com. Aproveitamos para agradecer – e muito! – a sua participação.

Uma mulher ativa, porém com as preocupações típicas da modernidade: ela quer um parceiro, proteger os filhos, estabilidade financeira e achar um tempo para o sexo. Confira os resultados do questionário…”

A BOLSA CLAQUE DE ARRUDA

09/02/2010

DOCUMENTO APREENDIDO MOSTRA QUE GOVERNADOR
PAGAVA MANIFESTANTES

Época – Andrei Meireles e Marcelo Rocha

“Em dezembro, os brasilienses se surpreenderam com a quantidade de pessoas que participavam de manifestações em defesa do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, acusado de chefiar um esquema de corrupção mostrado em vídeos com cenas de políticos recebendo propina e escondendo dinheiro em sacolas, meias e até na cueca. Na Câmara Legislativa, cenário dos protestos de estudantes e sindicalistas contra a corrupção, o movimento pró-Arruda exibiu força, organização e truculência. Comandava essa tropa governista o ex-policial militar Valdir Luís de França, o Valdirzão, conhecido por liderar mobilizações a favor de Arruda e reprimir protestos. Entidades favoráveis ao processo de impeachment do governador levantaram suspeitas de que por trás dessas manifestações estaria a máquina pública. Um documento apreendido pela Polícia Federal na Operação Caixa de Pandora pode ser a prova de que dinheiro público tenha financiado o grupo chefiado por Valdirzão.

Época teve acesso ao documento, encontrado pela PF no gabinete do jornalista Omézio Pontes – ex-assessor de imprensa de Arruda, que desde o início de 2009 passou a cuidar também da arregimentação de pessoas para eventos na periferia de Brasília com a participação do governador. O papel apreendido é uma carta…” (Leia e comente)

OS FANTASMAS SE DIVERTEM

23/01/2010

Carta Capital – Cynara Menezes

“Entre o temor e a blague, os seguranças da Câmara dizem que o ambiente gélido, de ar-condicionado ligado noite e dia à custa do contribuinte, é propício ao surgimento dos rumores. Um conta ter ouvido passos no Salão Verde. Outro, ter avistado vultos esgueirando-se pelas galerias do plenário. O mais velho deles, com quase 30 anos de Casa, fica embaraçado de falar nessas coisas, mas jura ter escutado o microfone da presidência ligar sozinho na madrugada.

Seriam espíritos desassossegados de antigos deputados a registrar presença na falta dos vivos, acreditam os funcionários, especulando que em 2010 não faltará quorum – do outro mundo. Como este ano é eleitoral, presume-se que o Congresso estará como os fantasmas legislativos gostam, vazio, a maior parte do tempo. O recesso parlamentar termina em 1º de fevereiro, mas as principais lideranças da Câmara e do Senado admitem que será difícil achar vivalma por ali depois das festas juninas.

“Nós vamos trabalhar pelo menos até junho”, garante o presidente da Câmara, Michel Temer. “Reconheço que em julho, agosto e setembro, os meses que antecedem a eleição, é realmente complicado.” O primeiro-secretário do Senado, Heráclito Fortes, confirma. “No segundo semestre todos estarão dedicados às eleições. Sempre foi assim, é tradição no Brasil”,…” (Leia e comente)

TJDFT AFASTA DISTRITAIS DAS ATIVIDADES RELATIVAS AOS PEDIDOS DE IMPEACHMENT CONTRA ARRUDA

20/01/2010

Correio Brasiliense – Noelle Oliveira

“O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) decidiu na tarde desta quarta-feira (20/1) afastar os deputados distritais citados na Operação Caixa de Pandora das atividades da Câmara Legislativa que dizem respeito ao pedidos de impeachment contra o governador José Roberto Arruda (sem partido). O tribunal também pediu a “imediata” intimação do presidente da Câmara Legislativa, Cabo Patrício (PT), para que “convoque os respectivos suplentes” – desde que estes não estejam impedidos nem estejam em condições de suspeitos – dos deputados afastados.

A substituição deverá seguir as regras de proporcionalidade partidária e a ordem de suplência. Os suplentes atuarão “exclusivamente” em atividades voltadas ao pedido de impeachment. Caso não compareçam, os convocados terão que pagar multa diárias de R$ 500 mil, a partir do quinto dia da convocação. O Tribunal também considerou inválido “todo ato deliberativo já praticado, no qual houve a interferência direta”, ou em que foram computados votos dos deputados que agora terão de ser afastados…” (Leia e comente)

CENTRO DE VALORIZAÇÃO DA VIDA COMPLETA 30 ANOS

07/12/2009

“ATENDIMENTOS FEITOS NO DISTRITO FEDERAL REVELAM QUE A MAIORIA SOFRE COM A SOLIDÃO”

Correio Brasiliense – Naira Trindade

“Angústia, tristeza, estresse. A depressão causada pela morte de um ente querido ou o cansaço de um dia inteiro de trabalho. A solidão ao chegar em um apartamento vazio, onde a única companhia, é a voz que ressoa da televisão. A perda do emprego, uma inevitável discussão com o chefe ou a conta bancária no vermelho. Qualquer sinal de desespero pode ser minimizado com um simples telefonema ao Centro de Valorização da Vida (CVV). Em comemoração às três décadas de apoio no Distrito Federal, a instituição que se mantém apenas com a ajuda de voluntários plantou nesta semana 30 mudas de ipês brancos e amarelos no Instituto de Saúde Mental do Riacho Fundo.

Sentado num pequeno sofá azul em uma salinha modesta na sede do Centro, no edifício Brasília Rádio Center, na Asa Norte, o voluntário Rúbio*, 42 anos, doa quatro horas por semana, à noite, para ajudar pessoas com um diálogo amigável e receptivo. Em conversas na qual não dá conselhos, mas busca fazer com que a pessoa encontre sozinha a solução para o problema que a aflige, ele ouve atentamente cada caso. “Ao falarem das dificuldades, as pessoas pensam melhor sobre o que está acontecendo e, sozinhas, se deparam com a solução”, analisa o voluntário , que está no CVV há 20 anos.

O sigilo profissional o impede de descrever os casos ouvidos, mas ele conta que já ajudou nas mais complicadas situações, como impedir pessoas de cometerem suicídio. Das cerca de 1,8 mil ligações…” (Leia e comente)

ARRUDA, O SANTO

07/12/2009

Vi o Mundo – Luiz Carlos Azenha

Em baixa depois do mensalão, o governador José Arruda (DF) já foi muito festejado. Em 2008, foi editado o livro “Brasília: Preservação e Legalidade. Desafios do Governo”.

A orelha da publicação é recheada de elogios:

1. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso: “Pela boa administração que exerce no DF, José Roberto Arruda é hoje uma das principais lideranças do cenário político nacional”.

2. O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM): “Arruda serve para ser candidato a presidente da República pelo Democratas”.

3. O senador Álvaro Dias (PSDB-PR): “Arruda não fez barganha. Não instalou um balcão de negócios para oferecer a este ou àquele partido”. Que coisa!

4. O senador Heráclito Fortes, senador (DEM-PI): “Parabenizo o governador José Roberto Arruda por suas ações moralizadoras” –

Arruda espera a solidariedade deles nessa hora dificil.

As informações são do Ilimar Franco, n´O Globo. (Leia e comente)