Posts Tagged ‘Câncer’

JOVEM COM CÂNCER ÓSSEO DIZ QUE VIVEU ‘UMA VIDA COMPLETA’ EM TRÊS ANOS

27/07/2011

UM JOVEM AMERICANO QUE FALECEU DE CÂNCER TRÊS ANOS APÓS O DIAGNÓSTICO DEDICOU-SE A APROVEITAR AO MÁXIMO NO TEMPO QUE TINHA. EM SEU ÚLTIMO ANO DE VIDA, ELE SE APAIXONOU E CASOU-SE COM A NAMORADA, QUE FICOU AO SEU LADO ATÉ O FIM.

BBC  Brasil

“Alex Lewis foi diagnosticado aos 17 anos com câncer nos ossos e passou por um tratamento intensivo contra a doença, sem sucesso. Ele faleceu pouco depois do seu aniversário de 22 anos.

Durante os últimos três anos, ele experimentou o que muitas pessoas levam toda a vida para conseguir, inclusive conhecer e casar com o amor de sua vida.

A história de Alex foi tema do documentário “Alex: A Life Fast Forward” (Alex: Uma Vida Acelerada, em tradução livre), do canal de TV britânico BBC Three.

O garoto foi diagnosticado depois de sentir dor no braço por meses. “Ele jogava muito tênis de futebol americano, por isso imaginou que havia distendido alguns músculos,…” (Leia e comente)

Anúncios

ABRACE O COLEGA AO LADO

14/05/2010

NÃO, NÃO É DISCURSO RELIGIOSO NEM PALESTRA DE AUTOAJUDA. É UM PEDIDO DE TIFFANY FIELD, DIRETORA DO INSTITUTO DE PESQUISAS DO TOQUE DA UNIVERSIDADE DE MIAMI. SEGUNDO ELA, O CONTATO FÍSICO FAZ MARAVILHAS POR SUA SAÚDE FÍSICA E MENTAL. PODE REDUZIR DEPRESSÃO, ESTRESSE E AGRESSIVIDADE. E ATÉ MESMO COMBATER O CÂNCER

Planeta Sustentável – Eduardo Szklarz

“Como o toque pode melhorar nossa saúde?
Vamos começar pela conclusão do estudo mais revolucionário: uma simples massagem é capaz de ajudar nosso sistema imunológico. A ponto de fortalecer o corpo contra o câncer.

Como?
A massagem aumenta o número de células conhecidas como NK [sigla para natural killers, inglês para “assassinas naturais”]. Elas são responsáveis pelo combate do corpo contra infecções virais e células cancerosas. Descobrimos isso em 2005, em um estudo com mulheres que sofriam de câncer de mama. Aquelas que tinham passado por terapia com massagem tiveram aumento no nível de células NK e de linfócitos [células decisivas na defesa do organismo] durante o período do estudo. Isso mostra a importância da massagem como terapia complementar às já usadas contra o câncer.

Que outras doenças o contato físico combate?

Pode ajudar a reduzir depressão e ansiedade. Não é à toa que as pessoas ficam mais felizes e relaxadas quando abraçam amigos. Ou que vendedores dão tapinhas nas nossas costas…” (Leia e comente)

CHÁ ANTICÂNCER

12/05/2010

PESQUISA SURPREENDE AO REVELAR QUE O EXTRATO DA FOLHA DO MAMÃO PAPAIA INIBE O CRESCIMENTO DE TUMORES E AINDA DÁ FORÇAS PARA O SISTEMA IMUNE COMBATER A DOENÇA

Vida Natural – Thaís ManarRini

“Ai, acho que eu preciso comer mamão” disse Sofia, do alto de seus 4 anos de idade, ao ser questionada por sua tia sobre o motivo da demora no banheiro. Além de render gargalhadas, o episódio ilustra bem uma das primeiras coisas que aprendemos a respeito da fruta: ela é tiro e queda quando o intestino emperra. Mas no Vietnã, o menino Nam Dang cresceu ouvindo histórias diferentes…

Naqueles lados, contava-se que pacientes com câncer experimentaram uma remissão na evolução da doença após beberem um chá feito com o extrato da folha do mamão papaia. “Eram pessoas que já não respondiam aos tratamentos convencionais”, lembra Dang,…” (Leia e comente)

ESTUDO ASSOCIA REFRIGERANTE AO CÂNCER DE PÂNCREAS

08/02/2010

PESSOAS QUE BEBEM REFRIGERANTE DUAS OU MAIS VEZES POR SEMANA TÊM MAIS CHANCES DE DESENVOLVER O CÂNCER DE PÂNCREAS, UMA DOENÇA RARA, MAS FATAL, AFIRMARAM
ESPECIALISTAS NESTA SEGUNDA-FEIRA.

Veja Online

“Segundo o estudo, realizado em Cingapura, os riscos de um paciente apreciador de sucos de frutas desenvolver a doença é muito menor se comparado ao índice registrado pelo grupo de pessoas que têm o costume de beber refrigerante frequentemente.

A pesquisa, que envolveu 60.000 pessoas, mostrou que o açúcar é o grande vilão. O estudo, liderado pelo especialista Mark Pereira, da Universidade de Minnesota, ressaltou ainda que quem costuma tomar refrigerante têm outros hábitos que prejudicam a saúde.

“Os altos níveis de açúcar que contém os refrigerantes aumentam a insulina no organismo e contribuem para o desenvolvimento de um câncer de pâncreas“, disse Pereira em uma declaração. A insulina, que ajuda o corpo a metabolizar o açúcar, é produzida pelo pâncreas…” (Leia e comente)

OS TRÊS RENASCIMENTOS DE CLEIDE

07/02/2010

ELA DERROTOU O INIMIGO SORRATEIRO COM FORÇA DE LEOA. NO PRIMEIRO CÂNCER, SANGROU SANGUE DE MORTE. NO SEGUNDO, FOI MUTILADA. NO TERCEIRO, QUASE VIU O FIM. MAS NUNCA DESISTIU DE VIVER. CHOROU ESCONDIDA PARA NÃO FAZER SOFRER A QUEM AMAVA. ESTA SEMANA, EMBARCA
PARA SALVADOR E SE JOGARÁ NO CARNAVAL DA BAHIA:
“QUERO BEIJAR MUITO NA BOCA”

Correio Brasiliense – Marcelo Abreu

“Ela fala da vida com um encantamento que quase ninguém entende. Extasia-se com estrelas, até aquelas que mal aparecem no céu. Para diante de qualquer pôr de sol. Dá valor a coisa com que pouca gente se importaria. E aprendeu a não ter mais pressa. O relógio dela é acertado na velocidade que desejar. No começo da conversa, sentada no sofá da sala, ela diz: “Eu não me permito sofrer mais por nada”.

Cleide Ferrari Sabino é uma mulher que foi duramente testada três vezes pela vida. Venceu com força de leoa três cânceres devastadores. Foi mutilada. Aos 35 anos, na luta contra mais um tumor maldito, olhou-se no espelho e viu um corpo que não era seu. Faltava pedaço, o símbolo da feminilidade. Sentiu-se incompleta. Inferior a qualquer mulher. Como ficar nua diante do homem que a chamava de sua? Quis chorar. Chorou escondida, sempre escondida. Chorou até as lágrimas aprenderem a virar riso. E decidiu que recomeçaria, mesmo dilacerada. Levantou-se como fênix. Criou os dois filhos. Formou-os. Trabalhou (e trabalha) como nunca.

Na próxima quinta-feira, completamente curada, ela embarca para Salvador. Passará o carnaval, pulando de felicidade, ao som da banda Chiclete com Banana. Ela se perderá na multidão…” (Leia e comente)

NOVA ARMA CONTRA UM VELHO INIMIGO

26/11/2009

“DESCOBERTO MARCADOR QUE FACILITARÁ DIAGNÓSTICO DO CÂNCER DE MAMA LOBULAR. O TESTE CONSISTE EM VERIFICAR SE DETERMINADO GENE ESTÁ ATIVO NAS CÉLULAS OU NÃO. A INATIVAÇÃO INDICA PRESENÇA DA DOENÇA.”

Ciência Hoje – Luan Galani /Foto: INCC

“De todos os tipos de câncer que acometem mulheres no Brasil, o câncer de mama é o que mais produz óbitos. Na luta contra essa fatalidade, surge um importante aliado: um marcador capaz de diagnosticar esse tipo de câncer com maior precisão, desenvolvido por pesquisadores do Departamento de Patologia Básica da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O estudo foi publicado recentemente no periódico britânico BMC Cancer.

Os pesquisadores constataram que, nos casos de câncer de mama do tipo lobular, o gene adam33 fica inativo. Segundo a bioquímica da UFPR Giseli Klassen, coordenadora do trabalho, esse gene produz uma proteína de mesmo nome, que é responsável, juntamente com outras substâncias, por manter as células unidas. “Da mesma forma que a âncora impede o navio de navegar, essa proteína ‘segura’ as células no lugar de origem”, explica.

A falta dessa proteína acaba então por facilitar o processo de metástase. “Nossa descoberta pode ser a diferença entre salvar ou não a vida de uma paciente, já que a principal causa de morte nos casos de câncer é a metástase e não o tumor inicial”, afirma Klassen…” (Leia e comente)

AÇÚCAR É A DROGA DA VEZ?

30/09/2009

açucar

“NOS EUA, ESPECIALISTAS EM SAÚDE E NUTRIÇÃO COMEÇAM A TRATAR O AÇÚCAR COM O MESMO RIGOR QUE ISOLOU O TABACO DO CONVÍVIO SOCIAL – E O ALVO NÚMERO 1 É O REFRIGERANTE”

Veja Online – André Petry

“No dia em que o primeiro europeu colocou uma pitada de açúcar na boca, o mundo começou a girar mais rápido. A data precisa desse acontecimento não foi registrada pela história, mas se deu em algum momento da Idade Média. De lá para cá, na vertigem da descoberta do açúcar, a civilização ocidental passou a mudar num ritmo intenso. “O açúcar redesenhou o mapa demográfico, econômico, ambiental, político, cultural e moral do mundo”, diz a historiadora canadense Elizabeth Abbott, autora de um livro sobre a civilização do açúcar, Sugar, a Bittersweet History (Açúcar, uma História Agridoce). Em séculos de tragédia e glória, o açúcar transformou a alimentação do Ocidente, escravizou gerações de africanos nas Américas, foi combustível da Revolução Industrial, promoveu guerras e impérios, dizimou paraísos ecológicos, ergueu e pulverizou fortunas – e, nos trópicos, moldou a identidade brasileira. Movido pela sua energia calórica, o mundo segue girando rápido, tão rápido que estamos agora na soleira de outra mudança vertiginosa: o açúcar começa a ser considerado um vilão da saúde humana, um veneno tão prejudicial que merece ser tratado com o mesmo rigor empregado contra – suprema decadência! – o tabaco. Está mais perto o dia em que um pacote de açúcar trará a inscrição: “O Ministério da Saúde adverte: este produto é prejudicial à saúde”.

O açúcar, em suas várias formas, é o grande promotor da obesidade, mas seus níveis altos no sangue podem ser associados a quase todas as moléstias degenerativas, do ataque cardíaco ao derrame cerebral e ao diabetes. Existem suspeitas científicas sérias de que o açúcar possa até ser uma das causas de alguns tipos de câncer. Na lista, está o câncer de pâncreas, o mesmo que matou o ator Patrick Swayze aos 57 anos na semana passada. Em Harvard, pesquisadores acompanharam 89 000 mulheres e 50 000 homens e descobriram que os refrigerantes podem aumentar o risco de câncer de pâncreas em mulheres,…” (Leia mais e comente a matéria)

DEPRESSÃO ATRAPALHA SOBREVIVÊNCIA APÓS CÂNCER, DIZ ESTUDO

16/09/2009

deprê

“A DEPRESSÃO PODE ATRAPALHAR AS CHANCES DE
SOBREVIVÊNCIA DE PACIENTES COM CÂNCER,
SEGUNDO ESTUDO REALIZADO NO CANADÁ.”

BBC Brasil

“Ao reunir e revisar 26 pesquisas separadas que envolveram mais de 9,4 mil pacientes, cientistas da Universidade de British Columbia descobriram que o número de mortes é 25% maior naqueles que mostravam sintomas de depressão.

Nos casos de pacientes diagnosticados com o problema, a taxa de mortalidade é 39% maior.

O risco também permanece mesmo quando consideradas outras características clínicas que afetam a sobrevivência.

Para os pesquisadores, a descoberta enfatiza a necessidade de se examinar com cuidado os pacientes de câncer…” (Leia mais e comente a matéria)

LIVRO DESMITIFICA O CÂNCER, TRATAMENTOS E CHANCES DE CURA

10/07/2009

livro

Folha Online

“De acordo com uma pesquisa britânica publicada pela primeira vez em 2008, o Brasil é o país em que o câncer mata mais rápido. O estudo analisou dados sobre tumores de mama, próstata, cólon e reto diagnosticados entre 1990 e 1995 em 1,9 milhão de pessoas de 31 países…”

“Em “O Câncer“, da Publifolha, é possível entender e desmitificar este mal. O texto introdutório da publicação pode ser lido…” (Leia mais)