Posts Tagged ‘Caridade’

CARIDADE

21/01/2011

Seríamos caridosos se, fazendo bom uso de nossas forças mentais, vibrássemos ou orássemos diariamente em favor de quantos saibamos acharem-se enfermos, tristes ou oprimidos, sem excluir aqueles que porventura se considerem nossos inimigos.

(Leia e comente)

Anúncios

CHICO XAVIER E A ALMA DO BRASIL

06/03/2010

OITO ANOS DEPOIS DE SUA MORTE, O MITO DO MÉDIUM MINEIRO ESTÁ VIVO, FORTE E SERÁ RENOVADO POR UMA ONDA DE FILMES QUE CELEBRAM O CENTENÁRIO DE SEU NASCIMENTO. O QUE EXPLICA ESSA POPULARIDADE?

Época – Martha Mendonça, de Pedro Leopoldo e Uberaba. Com Leopoldo Mateus e Mauricio Meireles.

“Como se explica que um homem pobre, doente e semi-instruído, nascido mulato no início do século passado, em um rincão distante de Minas Gerais, viesse a se tornar, ao longo de seus 92 anos de vida, e sobretudo depois dela, uma espécie de mito brasileiro – um nome capaz de emocionar, motivar e organizar as pessoas em torno de uma fé e do trabalho filantrópico que ela inspira? O que havia na personalidade e nas ideias daquele homem careca, estrábico, sempre de peruca e óculos escuros, que se expressava com a fala pausada e amanteigada dos mineiros, capaz de sobreviver a sua morte em 2002 e transformá-lo em objeto de culto, de estudo e de interesse crescente dos meios de comunicação? Por que o celibatário ao mesmo tempo doce e obstinado, que se dizia capaz de conversar com os mortos e foi perseguido e ridicularizado por isso, conseguiu expressar tão bem a alma brasileira a ponto de tornar-se, ele mesmo, um ícone popular e uma figura respeitada mesmo entre aqueles que não compartilham de suas polêmicas convicções?…” (Leia e comente)

(Entrevista com Nelson Xavier)

VEJA COMO USAR A TECNOLOGIA PARA CONTRIBUIR COM AS VÍTIMAS DO HAITI

20/01/2010

CONHEÇA DIVERSOS SERVIÇOS DISPONÍVEIS POR MEIO DE SITES
E CELULARES PARA AJUDAR OS ATINGIDOS PELO TERREMOTO

Revista Galileu Mariana Lucena

“Em horas de grandes necessidades, como a tragédia acontecida no Haiti no dia 12 deste mês, as tecnologias também têm a chance de mostrar a que vieram. Veja aqui algumas das mais criativas iniciativas que usam internet e gadgets para prestar auxílio às vítimas – e, quem sabe, escolha você também uma maneira de ajudar.”

* FUNCIONAM NO BRASIL

* Top 10 e Top 100 Haiti Nonprofit Directory
O Haiti Earthquake Magazine (Revista do Terremoto no Haiti) tem, sem dúvida, uma das mais importantes iniciativas online de ajuda às vítimas. O site criou uma lista com as 10 e as 100 mais respeitáveis e eficientes organizações não-lucrativas de ajuda às vítimas do desastre. Para cada uma delas, o site informa: sua história e que atividades tem desenvolvido no Haiti ultimamente; canais de contribuição (pela internet, mobile, correio ou conta bancária); e as últimas notícias a respeito da organização. O portal também sugere que internautas divulguem o endereço em seus Blogs e websites.

* Auxílio online – e em português
Não dominar o inglês não é mais desculpa para não ajudar. No www.ajudapanamericana.org, os mais de 70 milhões de brasileiros online podem fazer doações para os esforços de ajuda ao Haiti. E você pode confiar: o site foi desenvolvido pela ONG Pan American Development Foundation…” (Entre aqui e veja lista completa)

RETRIBUIR O MAL COM O BEM

19/01/2010

1. Aprendestes que foi dito: “Amareis o vosso próximo e odiareis os vossos inimigos.” Eu, porém, vos digo: “Amai os vossos inimigos; fazei o bem aos que vos odeiam e orai pelos que vos perseguem e caluniam, a fim de serdes filhos do vosso Pai que está nos céus e que faz se levante o Sol para os bons e para os maus e que chova sobre os justos e os injustos. – Porque, se só amardes os que vos amam, qual será a vossa recompensa? Não procedem assim também os publicanos? Se apenas os vossos irmãos saudardes, que é o que com isso fazeis mais do que os outros? Não fazem outro tanto os pagãos?” (S. MATEUS, cap. V, vv. 43 a 47.)

– “Digo-vos que, se a vossa justiça não for mais abundante que a dos escribas e dos fariseus, não entrareis no reino dos céus.”(S. MATEUS, cap. V, v. 20.)

2. “Se somente amardes os que vos amam, que mérito se vos reconhecerá, uma vez que as pessoas de má vida também amam os que os amam? – Se o bem somente o fizerdes aos que vo-lo fazem, que mérito se vos reconhecerá, dado que o mesmo faz a gente de má vida? – Se só emprestardes àqueles de quem possais esperar o mesmo favor, que mérito se vos reconhecerá, quando as pessoas de má vida se entreajudam dessa maneira, para auferir a mesma vantagem? Pelo que vos toca, amai os vossos inimigos, fazei bem a todos e auxiliai sem esperar coisa alguma. Então, muito grande será a vossa recompensa e sereis filhos do Altíssimo, que é bom para os ingratos e até para os maus. – Sede, pois, cheios de misericórdia, como cheio de misericórdia é o vosso Deus.” (S. LUCAS, cap. VI, vv. 32 a 36.) (Leia e comente)

A VERDADEIRA PROPRIEDADE

18/01/2010

9. O homem só possui em plena propriedade aquilo que lhe é dado levar deste mundo. Do que encontra ao chegar e deixa ao partir goza ele enquanto aqui permanece. Forçado, porém, que é a abandonar tudo isso, não tem das suas riquezas a posse real, mas, simplesmente, o usufruto. Que é então o que ele possui? Nada do que é de uso do corpo; tudo o que é de uso da alma: a inteligência, os conhecimentos, as qualidades morais. Isso o que ele traz e leva consigo, o que ninguém lhe pode arrebatar, o que lhe será de muito mais utilidade no outro mundo do que neste. Depende dele ser mais rico ao partir do que ao chegar, visto como, do que tiver adquirido em bem, resultará a sua posição futura. Quando alguém vai a um país distante, constitui a sua bagagem de objetos utilizáveis nesse país; não se preocupa com os que ali lhe seriam inúteis. Procedei do mesmo modo com relação à vida futura; aprovisionai-vos de tudo o de que lá vos possais servir.

Ao viajante que chega a um albergue, bom alojamento é dado, se o pode pagar. A outro, de parcos recursos, toca um menos agradável. Quanto ao que nada tenha de seu, vai dormir numa enxerga. O mesmo sucede ao homem, a sua chegada no mundo dos Espíritos: depende dos seus haveres o lugar para onde vá. Não será, todavia, com o seu ouro que ele o pagará. Ninguém lhe perguntará: Quanto tinhas na Terra? Que posição ocupavas? Eras príncipe ou operário? Perguntar-lhe-ão: Que trazes contigo? Não se lhe avaliarão os bens, nem os títulos, mas a soma das virtudes que possua. Ora, sob esse aspecto, pode o operário ser mais rico do que o príncipe. Em vão alegará que antes de partir da Terra pagou a peso de ouro a sua entrada no outro mundo. Responder-lhe-ão: Os lugares aqui não se compram: conquistam-se por meio da prática do bem. Com a moeda terrestre, hás podido comprar campos, casas, palácios; aqui, tudo se paga com as qualidades da alma… (Leia e comente)

O HOMEM DE BEM

17/01/2010

3. O verdadeiro homem de bem é o que cumpre a lei de justiça, de amor e de caridade, na sua maior pureza. Se ele interroga a consciência sobre seus próprios atos, a si mesmo perguntará se violou essa lei, se não praticou o mal, se fez todo o bem que podia, se desprezou voluntariamente alguma ocasião de ser útil, se ninguém tem qualquer queixa dele; enfim, se fez a outrem tudo o que desejara lhe fizessem.

Deposita fé em Deus, na Sua bondade, na Sua justiça e na Sua sabedoria. Sabe que sem a Sua permissão nada acontece e se Lhe submete à vontade em todas as coisas.

Tem fé no futuro, razão por que coloca os bens espirituais acima dos bens temporais.

Sabe que todas as vicissitudes da vida, todas as dores, todas as decepções são provas ou expiações e as aceita sem murmurar.

Possuído do sentimento de caridade e de amor ao próximo, faz o bem pelo bem, sem esperar paga alguma; retribui o mal com o bem, toma a defesa do fraco contra o forte, e sacrifica sempre seus interesses à justiça.

Encontra satisfação nos benefícios que espalha, nos serviços que presta, no fazer ditosos os outros, nas lágrimas que enxuga, nas consolações que prodigaliza aos aflitos. Seu primeiro impulso é para pensar nos outros, antes de pensar em si, é para cuidar dos interesses dos outros antes do seu próprio interesse. O egoísta, ao contrário, calcula os proventos e as perdas decorrentes de toda ação generosa.

O homem de bem é bom, humano e benevolente para com todos, sem distinção de raças, nem de crenças, porque em todos os homens vê irmãos seus.

Respeita nos outros todas as convicções sinceras e não lança anátema aos que como ele não pensam. (Leia e comente)

CENTRO DE VALORIZAÇÃO DA VIDA COMPLETA 30 ANOS

07/12/2009

“ATENDIMENTOS FEITOS NO DISTRITO FEDERAL REVELAM QUE A MAIORIA SOFRE COM A SOLIDÃO”

Correio Brasiliense – Naira Trindade

“Angústia, tristeza, estresse. A depressão causada pela morte de um ente querido ou o cansaço de um dia inteiro de trabalho. A solidão ao chegar em um apartamento vazio, onde a única companhia, é a voz que ressoa da televisão. A perda do emprego, uma inevitável discussão com o chefe ou a conta bancária no vermelho. Qualquer sinal de desespero pode ser minimizado com um simples telefonema ao Centro de Valorização da Vida (CVV). Em comemoração às três décadas de apoio no Distrito Federal, a instituição que se mantém apenas com a ajuda de voluntários plantou nesta semana 30 mudas de ipês brancos e amarelos no Instituto de Saúde Mental do Riacho Fundo.

Sentado num pequeno sofá azul em uma salinha modesta na sede do Centro, no edifício Brasília Rádio Center, na Asa Norte, o voluntário Rúbio*, 42 anos, doa quatro horas por semana, à noite, para ajudar pessoas com um diálogo amigável e receptivo. Em conversas na qual não dá conselhos, mas busca fazer com que a pessoa encontre sozinha a solução para o problema que a aflige, ele ouve atentamente cada caso. “Ao falarem das dificuldades, as pessoas pensam melhor sobre o que está acontecendo e, sozinhas, se deparam com a solução”, analisa o voluntário , que está no CVV há 20 anos.

O sigilo profissional o impede de descrever os casos ouvidos, mas ele conta que já ajudou nas mais complicadas situações, como impedir pessoas de cometerem suicídio. Das cerca de 1,8 mil ligações…” (Leia e comente)

A PACIÊNCIA

07/12/2009

“A dor é uma bênção que Deus envia a seus eleitos; não vos aflijais, pois, quando sofrerdes; antes, bendizei de Deus onipotente que, pela dor, neste mundo, vos marcou para a glória no céu.

Sede pacientes. A paciência também é uma caridade e deveis praticar a lei de caridade ensinada pelo Cristo, enviado de Deus. A caridade que consiste na esmola dada aos pobres é a mais fácil de todas. Outra há, porém, muito mais penosa e, conseguintemente, muito mais meritória: a de perdoarmos aos que Deus colocou em nosso caminho para serem instrumentos do nosso sofrer e para nos porem à prova a paciência…” (Leia e comente)

O AMOR E A VERDADE

02/12/2009

“O AMOR E A VERDADE ESTÃO UNIDOS ENTRE SI, COMO AS FACES DE UMA MOEDA. É IMPOSSÍVEL SEPARÁ-LOS. SÃO AS FORÇAS MAIS ABSTRATAS E MAIS PODEROSAS DESSE MUNDO.”
Mahatma Gandhi