Posts Tagged ‘Ciência’

ESTUDO RELACIONA DOR NAS COSTAS COM FALTA DE NUTRIENTES NA COLUNA

07/08/2011

A PRESSÃO EXERCIDA SOBRE OS DISCOS DA COLUNA PELO LEVANTAMENTO EXCESSIVO DE PESO PODE DANIFICÁ-LOS AO REDUZIR O FLUXO DE NUTRIENTES ATÉ ELES, SEGUNDO UM
ESTUDO FEITO NA ESPANHA.

BBC Brasil

“Especialistas do Instituto de Bioengenharia da Catalunha (IBEC) publicaram o estudo na revista PLoS Computational Biology.

Eles usaram modelos computadorizados dos discos humanos e observaram os efeitos nutricionais e mecânicos da pressão exercida sobre os discos na parte inferior da coluna.

Este tipo de pesquisa não poderia ser conduzida em seres humanos vivos.

Estudos anteriores indicavam que 80% da população ativa sofre de dores na parte inferior das costas em algum momento da vida, mas pouco se sabe sobre o processo que degenera os discos da coluna.

Ácido láctico

Os especialistas dizem que um nível normal de pressão ajuda a nutrição das células

Mas a pesquisa feita na Espanha mostra que as pressões excessivas nos discos influenciam negativamente a quantidade de glicose e ácido…” (Leia e comente)

Anúncios

JOVEM COM CÂNCER ÓSSEO DIZ QUE VIVEU ‘UMA VIDA COMPLETA’ EM TRÊS ANOS

27/07/2011

UM JOVEM AMERICANO QUE FALECEU DE CÂNCER TRÊS ANOS APÓS O DIAGNÓSTICO DEDICOU-SE A APROVEITAR AO MÁXIMO NO TEMPO QUE TINHA. EM SEU ÚLTIMO ANO DE VIDA, ELE SE APAIXONOU E CASOU-SE COM A NAMORADA, QUE FICOU AO SEU LADO ATÉ O FIM.

BBC  Brasil

“Alex Lewis foi diagnosticado aos 17 anos com câncer nos ossos e passou por um tratamento intensivo contra a doença, sem sucesso. Ele faleceu pouco depois do seu aniversário de 22 anos.

Durante os últimos três anos, ele experimentou o que muitas pessoas levam toda a vida para conseguir, inclusive conhecer e casar com o amor de sua vida.

A história de Alex foi tema do documentário “Alex: A Life Fast Forward” (Alex: Uma Vida Acelerada, em tradução livre), do canal de TV britânico BBC Three.

O garoto foi diagnosticado depois de sentir dor no braço por meses. “Ele jogava muito tênis de futebol americano, por isso imaginou que havia distendido alguns músculos,…” (Leia e comente)

A FISIOLOGIA DE UM BEIJO

25/07/2011

SÍMBOLO DE VÍNCULO, AFETO E ACEITAÇÃO, O ENCONTRO ENTRE BOCAS APAIXONADAS É LEVADO A SÉRIO PELA CIÊNCIA.
DESCUBRA O QUE ELE REPRESENTA PARA O CORPO
E POR QUE ELEVA TANTO O BEM-ESTAR

Saúde – Pedro Belo

“Um só minuto de beijo e, no entanto, quantos segundos de espanto! A frase é de Vinicius de Moraes, mas a sensação descrita é compartilhada pela maioria das pessoas. Será possível explicar racionalmente o que um gesto tão instintivo provoca dentro do organismo? Em mês de namorados e santo casamenteiro, vale a pena ouvir o que os especialistas têm a dizer.

“O beijo é um ato que faz o indivíduo se lembrar inconscientemente da amamentação, um período de entrega total. Por isso, traz conforto e confiança”, avalia o ginecologista e sexólogo carioca Amaury Mendes Júnior. Para a psiquiatra Carmita Abdo, da Universidade de São Paulo, ele faz parte de uma espécie de iniciação no mundo. “A boca é o principal órgão da comunicação e aprendemos desde cedo a demonstrar afeto por meio do beijo”, diz.

Nos últimos anos, a ciência se debruçou sobre o legítimo boca a boca e busca enxergá-lo inclusive como um mecanismo de perpetuação da linhagem. O homem prefere beijos molhados, por exemplo, porque tentaria lançar mais testosterona, o hormônio do apetite sexual,…” (Leia e comente)

BRASIL: UM PLANETA FAMINTO E A AGRICULTURA BRASILEIRA. MUITO LEGAL!

15/06/2011

O vídeo é uma homenagem da BASF ao agricultor brasileiro. Com dados tangíveis e comparações didáticas, mostra a evolução da produtividade, destacando a vocação do Brasil para a produção agrícola. O Brasil pode ajudar a alimentar o mundo e ao mesmo tempo preservar suas florestas.

PESSOAS COM MENOR GRAU DE EDUCAÇÃO ENVELHECEM MAIS RÁPIDO, SUGERE ESTUDO

13/05/2011

PESQUISA INDICA QUE EDUCAÇÃO MELHOR AJUDA PESSOAS A TOMAR DECISÕES MAIS APROPRIADAS PARA
A SAÚDE A LONGO PRAZO

Estadão

“Uma pesquisa britânica realizada com 400 homens e mulheres sugere que pessoas com menos educação tem tendência a envelhecer mais rapidamente.

Análises do DNA dos pesquisados sugerem que o envelhecimento celular é mais avançado em adultos sem qualificações comparados com aqueles que tem um diploma universitário.

A instituição de caridade britânica para problemas do coração, British Heart Foundation, afirmou que o estudo, realizado em Londres e publicado na revista especializada Brain, Behaviour and Immunity, reforça a necessidade de enfrentar as diferenças sociais.

“Não é aceitável que o local onde você vive ou o quanto você ganha – ou a menor bagagem acadêmica – possam significar um risco maior de doenças”, afirmou o professor Jeremy Pearson, diretor médico associado da instituição.

A ligação entre boa saúde e status socioeconômico já foi estabelecida em outras pesquisas.

As pessoas mais pobres tem mais probabilidade de fumar, fazer menos exercícios e ter menos acesso atendimento de saúde de boa qualidade, quando comparadas as pessoas mais ricas…” (Leia e comente)

DEPOIS DE 27 ANOS, MÉDICOS REVISAM OS PRINCÍPIOS PARA DIAGNÓSTICO DO ALZHEIMER

20/04/2011

MÉDICOS NORTE-AMERICANOS ESPERAM AJUDAR OS CIENTISTAS, COM ESSES PARÂMETROS ATUALIZADOS, A DESCOBRIR NOVOS MÉTODOS DE DIAGNÓSTICO E NOVOS TRATAMENTOS PARA A DOENÇA

Época

“Pela primeira vez em 27 anos os critérios para se traçar o diagnóstico clínico do Alzheimer foram revisados, e novos parâmetros de pesquisa para a detecção da doença em seus estágios iniciais foram divulgados como forma de aprofundar o conhecimento da desordem. A revisão dos critérios foi feita pelo Instituto Nacional do Envelhecimento e pela Associação do Alzheimer, nos Estados Unidos, e foi publicada nesta terça-feira (19) no periódico Alzheimer’s & Dementia: The Journal of the Alzheimer’s Association.

Os médicos norte-americanos esperam ajudar os cientistas, com esses novos parâmetros, a descobrir novos métodos de diagnóstico e novos tratamentos para a doença. A revisão do documento, que continha as linhas gerais do tratamento e diagnóstico do Alzheimer, marca uma importante mudança no estudo da desordem cerebral, uma vez que fazia quase três décadas que não se atualizava o material, mesmo com as mais modernas pesquisas já feitas na área de saúde.

Na prática, o que muda é que os médicos diagnosticavam o Alzheimer apenas após o surgimento dos primeiros sintomas de demência, sem levar em consideração sua evolução ao longo dos anos. Agora, a Associação do Alzheimer dividiu a doença em três etapas: um estágio pré-clínico, o estágio de sintomas mais amenos e, por fim, a demência…” (Leia e comente)

A MULHER QUE CONSTRÓI FACES

09/12/2010

Projeto Generosidade

“Existe um poema de autoria de George Elliot intitulado Stradivarius.
Stradivarius foi um famoso fabricante de violinos, cujos instrumentos, hoje com mais de duzentos anos, tem um valor altíssimo. E no poema, ele diz o seguinte:
Se minha mão falhasse,
Estaria roubando a Deus- que é sumamente bom-
Deixando um vácuo na história dos violinos.
Ele não poderia ter feito os violinos de Antonio Stradivarius, Sem Antonio.
Cada um de nós, em nossa época, somos o instrumento que Deus usa para realizar algo. Durante várias eras, ele esperou que surgisse uma pessoa como nós. Se nos recusarmos a cooperar com o Senhor, ele perderá a oportunidade de fazer aquilo que deseja por nosso intemédio. Além disso, ele não terá outra chance, pois nunca mais haverá na terra outra pessoa exatamente como nós.”(Lettie Cowman “Mananciais no Deserto”, vol.2,Ed. Betânia)

Dra. Vera Lúcia Nocchi Cardim é uma dessas mulheres maravilhosas que faz diferença no mundo. Gaúcha graduada em medicina pela Federal do Rio Grande do Sul, veio para São Paulo fazer doutorado em cirurgia na Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa, acabando por fixar residência na capital paulista. Cirurgiã plástica renomada, consultório nos Jardins, clientela vip, entrada aberta nos melhores hospitais, em um certo momento teve um insight : “ eu não quero fazer cirurgias apenas estéticas. Há tantas pessoas, tantas crianças que nascem com defeitos na face e não tem condições de pagar uma cirurgia reparadora…”
E decidiu : “Vou ajudar essas pessoas.”
Muitas foram as dificuldades iniciais, falta de leitos, falta de vagas em centros cirúrgicos e UTI’s,…” (Leia e comente)

MÚSICA PODE MELHORAR EQUILÍBRIO DE IDOSOS AO CAMINHAR

07/12/2010

Folha – Roni Caryn Rabin

“Um novo estudo sugere que idosos reduzem em mais da metade o risco de quedas depois de participarem de aulas de euritmia, um programa de exercícios e música elaborado para crianças pequenas.

O teste, realizado em 12 meses, recrutou 135 pessoas, com idade média de 75 anos, que não se equilibravam bem. Metade foi randomicamente orientada a fazer aulas semanais de uma hora de duração pelos primeiros seis meses, e a outra metade não fez classe nenhuma até os seis meses seguintes.

O programa, desenvolvido no início do século 20 pelo compositor suíço Emile Jaques-Dalcroze, ensina movimentos harmonizados com música, de minuetos de Mozart até improvisações de jazz. Os participantes devem caminhar e se virar, aprender a deslocar o peso do corpo e o equilíbrio, segurar objetos enquanto caminham e fazer movimentos exagerados…” (Leia e comente)

MESTRA DA SUSTENTABILIDADE

24/11/2010

DEPOIS DE PRATICAR O CONSUMO CONSCIENTE E PREFERIR UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, QUAIS SERIAM OS PASSOS EM
DIREÇÃO A UMA VIDA MAIS EQUILIBRADA?

Vida Simples – Liane Alves / Foto: Paulo Freitas

“Simone Ramounoulou é uma daquelas profissionais cujo currículo já dá a estatura de sua atuação como instrutora de temas relativos ao meio ambiente e ao desenvolvimento da consciência como um todo. Consultora em vários projetos internacionais, é diretora-executiva no Brasil da World Business Academy, que congrega empresários e executivos do mundo todo, do Institute of Noetic Sciences, mais centrado nas possibilidades da mente e da consciência, do Clube de Budapeste e dos Encontros da Rede Global de Educação para a Paz – Construindo uma Cultura Planetária, um programa feito em parceria com a Unesco.

Brasileira, simpática e firme em suas posições, Simone é filha de pai francês e mãe italiana. Estudou em Genebra na primeira escola de cultura global ligada à ONU e seu trabalho hoje é justamente ministrar cursos e implantar programas na área de educação e conscientização da realidade ambiental do planeta. Seu trabalho é desenvolvido na William Harmann House do Brasil, que fica no Espaço Antakarana, em São Paulo, do qual ela é uma das cofundadoras. Atualmente, ela é também coordenadora-geral do programa sueco The Natural Step (O Passo Natural),…” (Leia e comente)

EU SOU NORMAL? PARA FILOSOFIA ESSA PERGUNTA NÃO TEM SENTIDO

19/11/2010

“EM FILOSOFIA CLÍNICA NÃO HÁ PADRÕES, TIPOLOGIAS, NORMALIDADE, PATOLOGIAS, NOS REFERIMOS À NÃO ACEITAÇÃO DA NORMA COMO UM MODO DE SER ABSOLUTO”

Vya Estelar – Monica Aiub

“Você já se fez alguma dessas perguntas na vida? Antes de qualquer resposta é preciso avaliar: o que significa ser “normal”?

No Dicionário de Filosofia (2003), Abbagnano define normal como “aquilo que está em conformidade com a norma”; “aquilo que está em conformidade com um hábito ou com um costume ou com uma média aproximada ou matemática ou com o equilíbrio físico ou psíquico”.

Desta definição poderíamos concluir que o normal é uma média do comum, ou de uma maioria. Assim sendo, se não reproduzirmos os hábitos ou costumes de nossa sociedade, seremos anormais? Quantas vezes hábitos, costumes, regras, leis de uma sociedade foram modificados?…” (Leia e comente)