Posts Tagged ‘Doença’

CHÁ ANTICÂNCER

12/05/2010

PESQUISA SURPREENDE AO REVELAR QUE O EXTRATO DA FOLHA DO MAMÃO PAPAIA INIBE O CRESCIMENTO DE TUMORES E AINDA DÁ FORÇAS PARA O SISTEMA IMUNE COMBATER A DOENÇA

Vida Natural – Thaís ManarRini

“Ai, acho que eu preciso comer mamão” disse Sofia, do alto de seus 4 anos de idade, ao ser questionada por sua tia sobre o motivo da demora no banheiro. Além de render gargalhadas, o episódio ilustra bem uma das primeiras coisas que aprendemos a respeito da fruta: ela é tiro e queda quando o intestino emperra. Mas no Vietnã, o menino Nam Dang cresceu ouvindo histórias diferentes…

Naqueles lados, contava-se que pacientes com câncer experimentaram uma remissão na evolução da doença após beberem um chá feito com o extrato da folha do mamão papaia. “Eram pessoas que já não respondiam aos tratamentos convencionais”, lembra Dang,…” (Leia e comente)

Anúncios

NOVA ARMA CONTRA UM VELHO INIMIGO

26/11/2009

“DESCOBERTO MARCADOR QUE FACILITARÁ DIAGNÓSTICO DO CÂNCER DE MAMA LOBULAR. O TESTE CONSISTE EM VERIFICAR SE DETERMINADO GENE ESTÁ ATIVO NAS CÉLULAS OU NÃO. A INATIVAÇÃO INDICA PRESENÇA DA DOENÇA.”

Ciência Hoje – Luan Galani /Foto: INCC

“De todos os tipos de câncer que acometem mulheres no Brasil, o câncer de mama é o que mais produz óbitos. Na luta contra essa fatalidade, surge um importante aliado: um marcador capaz de diagnosticar esse tipo de câncer com maior precisão, desenvolvido por pesquisadores do Departamento de Patologia Básica da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O estudo foi publicado recentemente no periódico britânico BMC Cancer.

Os pesquisadores constataram que, nos casos de câncer de mama do tipo lobular, o gene adam33 fica inativo. Segundo a bioquímica da UFPR Giseli Klassen, coordenadora do trabalho, esse gene produz uma proteína de mesmo nome, que é responsável, juntamente com outras substâncias, por manter as células unidas. “Da mesma forma que a âncora impede o navio de navegar, essa proteína ‘segura’ as células no lugar de origem”, explica.

A falta dessa proteína acaba então por facilitar o processo de metástase. “Nossa descoberta pode ser a diferença entre salvar ou não a vida de uma paciente, já que a principal causa de morte nos casos de câncer é a metástase e não o tumor inicial”, afirma Klassen…” (Leia e comente)

VÔO CEGO

08/11/2009

voo

“O QUE É A DEPRESSÃO, QUAIS SÃO SUAS CARACTERÍSTICAS E COMO LIDAR COM A PESSOA DEPRIMIDA”

Vida Simples – Rodrigo Levino

“Deixar as crianças na escola, trabalhar, cumprir prazos, horários, metas, lembrar a senha do banco, o vencimento das contas, atualizar o Facebook, checar e responder e-mails de trabalho e pessoais, ligar para os amigos, brincar com os filhos, ir ao cinema, enfrentar horas de engarrafamento, segurar o medo da insegurança, alimentar-se, dormir, acordar. E, por fim, estar pronto para um novo dia onde mais tarefas serão somadas à lista. Sim, nós podemos.

Mas e quando não conseguimos mais? E quando deixamos de acreditar que somos capazes de ao menos levantar da cama e cumprir o menor dos afazeres? Para além da contumaz preguiça de segunda-feira ou da impaciência que nos faz perder o ânimo de encarar o chefe, o trânsito ou o amigo carente que cobra atenção, é possível que a depressão tenha chegado e, com ela, a sensação de impotência descrita com simplicidade em janeiro de 2008, no diário da jornalista americana Daphne Merkin, 55: “Jamais conheci uma pessoa depressiva que quisesse sair da cama pela manhã – que não vivesse o raiar do dia como uma convocação para se enterrar ainda mais embaixo das cobertas”.

“A pessoa deprimida não consegue enxergar todas as coisas boas que a vida ainda pode lhe reservar”

Daphne sabe do que fala. Ensaísta, romancista, crítica literária e de cinema consagrada em publicações como a revista New Yorker e o jornal The New York Times, ela convive há 40 anos com a depressão. Alternando calmaria e recaída, vivacidade e fracasso, a jornalista confessa desejar que tudo fosse mais simples, “como engessar a mente até ela sarar,…” (Leia e comente)

NATUREZA CURATIVA

06/11/2009

phito

“VERDADES E MITOS SOBRE AS PLANTAS NO COMBATE
À DEPRESSÃO E À TRISTEZA”

Revista Encontro – Beth Leite

“A depressão é apontada por al­guns estudiosos como o mal do século. Os números são alarmantes: embora não se tenha um cálculo exato, estima-se que cerca de 30% da população mundial sofra da doença, sem saber. Para minimizar esse desconforto, inúmeras pesquisas têm sido desenvolvidas por laboratórios de todo o mundo e os fitoterápicos vêm garantido cada vez mais espaço nas prateleiras, inclusive do Sistema Único de Saúde.

O Ministério da Saúde divulgou em fevereiro de 2009, uma relação com 71 espécies vegetais que poderão ser usadas na produção de novos me­dicamentos fitoterápicos e disponibili­za­das para a rede pública de saú­de. Ne­la constam duas ervas que a sa­be­doria popular vem aclamando co­mo poderosos antidepressivos naturais: Erythrina mulungu e Passiflora sp…” (Leia e comente)

DUAS CRIANÇAS PORTADORAS DO HIV ENCONTRARAM NA AMIZADE UMA ARMA NA LUTA CONTRA A DOENÇA

19/09/2009

hiv

“UNIDAS PELA DOR E PELA ESPERANÇA, ANA E DAVI PROTAGONIZAM
A MAIS COMOVENTE HISTÓRIA DE SOLIDARIEDADE E AFETO.
A VIDA DELAS É A PROVA DE QUE A BONDADE DO SER
HUMANO AINDA PODE TRIUNFAR”

Correio Brasiliense – Marcelo Abreu

“Há um mês, um anjo entrou naquela casa com cheiro de alfazema e paredes pintadas de verde, azul e laranja. Mudou a rotina de toda aquela gente. Não, não é uma história de faz de conta nem de fadas encantadas.

Aliás, esta história nada tem de mentirinha. É feita de dor, lágrimas, preconceito, quase fim, renascimento e uma esperança infindável. O anjo que chegou àquele lugar tem 7 anos, não anda, não fala, não enxerga. Mas escuta bem. É o sentido que o mantém ligado ao mundo. Que o faz sorrir. E o que o encanta…” (Leia mais e comente a matéria)

PARKINSON: MAL SILENCIOSO

24/06/2009

The parkinson's Journey

Correio BrasilienseRodrigo Craveiro

“Pioneiro na técnica de estímulo profundo do cérebro e um dos mais renomados especialistas do mundo, o iraniano Ali Rezai — codiretor do Centro de Restauração Neurológica da Cleveland Clinic — afirma ao Correio que os sinais da enfermidade surgem quando 80% da área do cérebro chamada de substância negra é danificada…” (Leia mais)