Posts Tagged ‘Estudo’

RELIGIÃO É COMPONENTE GENÉTICO

01/06/2010

BRITÂNICO NICHOLAS WADE, AUTOR DO LIVRO THE FAITH INSTINCT, DEFENDE QUE A SELEÇÃO NATURAL PRIVILEGIOU
OS HUMANOS RELIGIOSOS

Galileu – Érika Kokay

Nicholas Wade, repórter especializado em ciência do New York Times, juntou religião e as ideias evolutivas de Darwin – duas coisas aparentemente opostas. Em seu livro: The Faith Instinct (O Instinto de Fé, sem edição no Brasil), defende que a religiosidade é um comportamento universal humano, presente em todas as sociedades, e provavelmente moldada pela seleção natural em milhares de anos. Para ele, todos nós temos um instinto religioso, que nos faz querer ter fé.

A relação do repórter com a religiosidade começou no Eton College, no condado inglês de Buckingham. Fundada pelo rei da Inglaterra Henrique VI, a escola manteve seu currículo quase intacto ao longo dos mais de 500 anos que separam sua fundação, em 1440, do ingresso de Nicholas Wade, durante o colegial. Devido à grade secular, ele aprendeu latim e grego, estudou diversas religiões e frequentava a igreja duas vezes ao dia, exceto aos domingos. “Eu acho que essa familiaridade com os hinos e com a liturgia da Igreja da Inglaterra me fez apreciar a religião e me ajudou a entender porque ela tem sido uma força tão poderosa ao longo da história”,… (Leia e comente)

Anúncios

ESTUDO ASSOCIA REFRIGERANTE AO CÂNCER DE PÂNCREAS

08/02/2010

PESSOAS QUE BEBEM REFRIGERANTE DUAS OU MAIS VEZES POR SEMANA TÊM MAIS CHANCES DE DESENVOLVER O CÂNCER DE PÂNCREAS, UMA DOENÇA RARA, MAS FATAL, AFIRMARAM
ESPECIALISTAS NESTA SEGUNDA-FEIRA.

Veja Online

“Segundo o estudo, realizado em Cingapura, os riscos de um paciente apreciador de sucos de frutas desenvolver a doença é muito menor se comparado ao índice registrado pelo grupo de pessoas que têm o costume de beber refrigerante frequentemente.

A pesquisa, que envolveu 60.000 pessoas, mostrou que o açúcar é o grande vilão. O estudo, liderado pelo especialista Mark Pereira, da Universidade de Minnesota, ressaltou ainda que quem costuma tomar refrigerante têm outros hábitos que prejudicam a saúde.

“Os altos níveis de açúcar que contém os refrigerantes aumentam a insulina no organismo e contribuem para o desenvolvimento de um câncer de pâncreas“, disse Pereira em uma declaração. A insulina, que ajuda o corpo a metabolizar o açúcar, é produzida pelo pâncreas…” (Leia e comente)

MACONHA PODE ‘DESATIVAR’ ESPERMA

07/02/2010

ESTUDO SUGERE QUE TANTO A DROGA QUANTO UMA SUBSTÂNCIA PRODUZIDA POR NOSSO CORPO PODEM ATUAR NA DIMINUIÇÃO TEMPORÁRIA DA FERTILIDADE DO HOMEM

Galileu – Redação

“Um estudo da Universidade da Califórnia acaba de mostrar os efeitos de um anticoncepcional inusitado: a maconha. Com um olhar mais a fundo sobre o funcionamento dos espermatozóides, os pesquisadores chegaram à conclusão de que a droga contêm um princípio ativo capaz de “gastar a bateria” dos espermatozóides antes da hora.

Os espermatozóides permanecem imóveis na maior parte do tempo em que estão no corpo dos homens. O movimento só começa quando ele está a caminho do corpo da mulher e sua “bateria” dura apenas o tempo suficiente para atingir o óvulo feminino…” (Leia e comente)

UM CATÁLOGO DA VIOLÊNCIA NO SÉCULO XX

26/11/2009

“SITE ORGANIZADO POR CIENTISTA POLÍTICO FRANCÊS ABRIGA BANCO DE DADOS SOBRE OS GRANDES MASSACRES
DOS ÚLTIMOS CEM ANOS”

História Viva – Bruno Fiuza

“O francês Jacques Sémelin, professor do Instituto de Estudos Políticos de Paris, passou os últimos 20 anos pesquisando a história dos grandes massacres do século XX. Em 2007, essa extensa investigação deu origem ao livro Purificar e destruir – Usos políticos dos massacres e dos genocídios, um estudo comparativo da violência em massa durante o Holocausto, em Ruanda e na Bósnia que foi publicado este ano no Brasil pela editora Difel. Sémelin, no entanto, não se contentou em transformar seu estudo em livro, e agora trabalha em um projeto inédito: a organização de uma enciclopédia virtual da violência em massa no século XX.

Depois de quatro anos de gestação, o site do projeto foi lançado no ano passado. Reunindo material produzido por pesquisadores renomados, a Enciclopédia online da violência em massa pretende oferecer gratuitamente a qualquer usuário da internet um extenso banco de dados com informações sobre genocídios e massacres perpetrados no planeta ao longo do mais violento século da história. O site reúne biografias dos responsáveis…” (Leia e comente)

SIM, COMER À NOITE ENGORDA MAIS

27/10/2009

gordinhol

“ESTUDO REVOLUCIONÁRIO MOSTRA QUE O HORÁRIO EM QUE OS ALIMENTOS SÃO INGERIDOS PODE TORNÁ-LOS
MAIS OU MENOS ENGORDATIVOS.”

Superinteressante

“Os cientistas sempre acharam que tanto faz comer de manhã, de tarde ou de noite – afinal, as calorias dos alimentos são sempre as mesmas. Mas um estudo conseguiu provar, pela primeira vez, que comer à noite pode ter consequências diferentes (e piores).

Numa experiência feita por cientistas da Northwestern University, nos EUA, dois grupos de camundongos comeram a mesma ração durante seis semanas. Para o 1º grupo, ela era servida no horário normal. Já os ratos do 2º grupo só eram alimentados no horário errado, em que deveriam estar descansando. Ao final do estudo, haviam ficado 48% mais gordos – muito mais do que os ratos alimentados na hora certa, que tiveram 20% de ganho de peso. Conclusão: por algum motivo, comer à noite engorda mais – mesmo que você ingira os mesmos alimentos que comeria durante o dia…” (Leia mais e comente a matéria)

MENSAGENS SUBLIMINARES NEGATIVAS SÃO MAIS EFETIVAS, DIZ ESTUDO

11/10/2009

obama

BBC Brasil

“AS PESSOAS SÃO CAPAZES DE PERCEBER MENSAGENS SUBLIMINARES, PARTICULARMENTE SE SEU TEOR É NEGATIVO,
DIZ UM ESTUDO BRITÂNICO.”

“Em três experimentos realizados por pesquisadores da University College London, de Londres, participantes foram expostos, durante curtos períodos de tempo, a imagens que continham palavras neutras, negativas ou positivas.

As palavras apareciam de forma camuflada, ou seja, não eram facilmente identificáveis. Após observar as imagens, os voluntários tinham de classificá-las, dizendo se elas sugeriam alguma emoção ou não.

No final, os participantes foram capazes de categorizar corretamente 66% das palavras negativas subliminares em comparação com apenas 50% das positivas…” (Leia mais e comente a matéria)

Fiz algumas pesquisas tentando encontrar algum trabalho que desse ênfase a essa matéria, deparei-me com esse vídeo no YouTube, que foi realizado para apresentação na faculdade do autor. Vale muito dar uma olhada e entender melhor como funciona essa técnica. (LA)


SURRAS DIMINUEM O Q.I. DE CRIANÇAS, AFIRMA ESTUDO

25/09/2009

bater n as criancas

Folha Online – New Scientist

Uma boa surra pode deixar uma marca na criança que é pior do que o desenho vermelho das mãos. Palmadas e outras punições corporais atrasam a inteligência infantil, segundo demonstra um novo estudo.

O Q.I. (quociente de inteligência) de crianças entre 2 e 4 anos que receberam palmadas regulares de seus pais caiu mais de cinco pontos no decorrer de quatro anos, comparado com o de crianças que não levaram palmadas.

“O lado prático disso é que os pediatras e psicólogos precisam começar a fazer o que nenhum deles faz agora, e dizer, ‘não batam, sob qualquer circunstância'”, diz Murray Straus, sociólogo da Universidade de New Hampshire, em Durham, que capitaneou o estudo juntamente a Mallie Paschall, do Centro de Pesquisa e Prevenção em Berkeley, na Califórnia…” (Leia mais e comente a matéria)

LIVRO DESMITIFICA O CÂNCER, TRATAMENTOS E CHANCES DE CURA

10/07/2009

livro

Folha Online

“De acordo com uma pesquisa britânica publicada pela primeira vez em 2008, o Brasil é o país em que o câncer mata mais rápido. O estudo analisou dados sobre tumores de mama, próstata, cólon e reto diagnosticados entre 1990 e 1995 em 1,9 milhão de pessoas de 31 países…”

“Em “O Câncer“, da Publifolha, é possível entender e desmitificar este mal. O texto introdutório da publicação pode ser lido…” (Leia mais)

UM DESAFIO AMAZÔNICO

17/06/2009

AMAZONIA

Observatório da Imprensa – Luciano Martins Costa

A imprensa finalmente produziu um trabalho sobre a Amazônia capaz de esclarecer o leitor sobre a necessidade de políticas eficientes, integradas e de longo prazo para a preservação da floresta, do cerrado e do patrimônio que guardam.”

A imprensa brasileira ainda trata a Amazônia no varejo, pontualmente. Quando produz uma edição especial, é quase sempre sobre as belezas naturais, quase como guias de turismo cheias de ufanismo, com belas fotografias, sobre um patrimônio que corre sério risco de desaparecer.” (Leia mais)