Posts Tagged ‘Gastronomia’

BRASIL É O QUINTO MAIOR MERCADO DE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

20/12/2016

healthyeating

Sabores do Sul

Nos últimos anos, levado por uma onda saudável, o mercado de alimentação mostra franco crescimento, mesmo em meio à crise. Amparado pela busca por um estilo de vida mais saudável, muitas empresas viram nesse nicho a oportunidade de se instalar e crescer.

O Brasil já é o quinto maior mercado de alimentos e bebidas saudáveis, com volume de vendas de US$ 27,5 bilhões em 2015, segundo levantamento da agência americana de pesquisa Euromonitor.

As opções vão desde os tradicionais light e diet, passando pelos vegetais e integrais, e ganhando ainda mais expressividade em ingredientes pouco utilizados na culinária, como a chia, linhaça e quinoa, e indo até os alimentos livres de lactose e… Continue lendo

ALIMENTE O CORAÇÃO

09/12/2016

b37808b28cb5ac8270e1

Revista dos Vegetarianos por Marco Clivati

ELES BROTAM DA TERRA E NUTREM NOSSO CORPO

Quanto mais natural a alimentação, maior é o benefício para o nosso ser. Mas só isso não basta. Para uma vida repleta de saúde e paz, alimentar o coração é essencial.

Um coração gélido é capaz de irrigar o corpo com sangue, mas não é capaz de irrigar o ser por completo…. Continue lendo

INTOLERÂNCIA AO GLÚTEN: MITO OU VERDADE?

05/05/2012

ELE VEM SENDO COTADO COMO PRINCIPAL RESPONSÁVEL POR TODO TIPO DE TORMENTO – DOS QUILOS EXTRAS À ENXAQUECA. SÓ QUE BOA PARTE DESSA HISTÓRIA É UMA BELA FARSA

Saúde é Vital – Thaís Manarini

“O universo da nutrição tende ao maniqueísmo. Enquanto alguns alimentos são alçados à fama em um piscar de olhos – como é o caso do óleo de coco, assunto da nossa reportagem na página 28 -, outros são mandados ao limbo em um zás-trás. Às vezes, vale registrar, sem motivo cientificamente correto. É o caso do glúten, uma proteína presente em todos os itens que levam trigo, centeio, aveia, malte e cevada.

A substância só não é tolerada por uma parcela da população que tem a doença celíaca. Estamos falando de quase 1 milhão de brasileiros. E, para atendê-los – que bom -, a indústria aumentou a oferta de produtos isentos dessa proteína. Ocorre que boa parte dos outros 194 milhões de consumidores do país passaram a imaginar que, se havia comida destacando o “sem glúten” no rótulo, isso seria indicador de que o tal glúten faria mal. Interpretação errônea no caso. E há sempre quem se aproveite da situação. Exemplo: prometendo que a barriga irá secar se você tirar o bendito ingrediente da mesa. “É um grande mito”, dispara a…” (Leia e comente)

PÃO: UMA FORNADA DE SAÚDE

11/01/2012

ELE GANHOU NOVOS INGREDIENTES, QUE AFASTAM AMEAÇAS COMO A OBESIDADE. APROVEITE PARA DEGUSTAR SETE RECEITAS ASSINADAS POR GRANDES EXPERTS COM A MÃO NA MASSA

Saúde – Fábio de Oliveira e Regina Célia Pereira

“Historiadores relatam que na Idade Média, entre os séculos 5 e 15, o pão simbolizava status. Mas, enquanto a nobreza se deliciava com receitas à base de farinha branca, aos plebeus restava a versão integral. Passadas centenas e centenas de anos — e após a comprovação de benefícios em dezenas de pesquisas —, o que se vê é a valorização dos ingredientes recusados pela elite daquela época. Ironia: o alimento dos pobres seria o mais nobre. Hoje é possível achar pães com até 14 grãos.

À massa de trigo, foram incorporados a aveia, a linhaça, a quinua, o centeio, a castanha- do-pará, a cevada e outros itens, alguns no mínimo inusitados, caso do badalado grão de chia, sem falar do prosaico feijão. “No caso, apostamos no feijão-branco, porque seu gosto e sua coloração são menos marcantes do que os de outras variedades”, conta a bioquímica Renata Ramos, da Universidade do Vale dos Sinos, no interior do Rio Grande do Sul. A professora e o chef Alexandre Baggio desenvolveram um pão com maior percentual de proteína e fibras. “Essa soma de nutrientes prolonga a saciedade e, por isso, contribui para o controle do peso”,…” (Leia e comente)

COPO COMESTÍVEL DE ALGA PODE SUBSTITUIR DESCARTÁVEIS

04/05/2011

Super Interessante – Débora Spitzcovsky

“Copo descartável, que gera lixo e demora centenas de anos para se decompor, ou copo de vidro, que constantemente precisa ser lavado com água e detergente? Em meio às discussões sobre a forma mais sustentável de consumir líquidos, o escritório de design norte-americano The Way We See The World desenvolveu um copo que pode, finalmente, encerrar esse debate: o Jelloware.

Feito de ágar-ágar, um tipo especial de gelatina de algas, o copo é comestível e, por isso, resolve todos os problemas relacionados à produção de lixo, desperdício de água e poluição, debatidos no consumo dos demais tipos de copo.

Coloridos e maleáveis, os Jellowares são fabricados em três versões – limão e manjericão, gengibre e hortelã e alecrim e beterraba –, dando ao consumidor a chance de escolher o sabor que melhor combina com a sua bebida.

O produto só requer dois cuidados: se não for consumido imediatamente,…” (Leia e comente)

DIETA BASEADA SÓ EM PEIXE PODE CAUSAR PROBLEMAS À SAÚDE

22/04/2011

O CONSUMO DE CARNES BRANCAS NO PERÍODO DA QUARESMA É TIDO COMO PRÁTICA SAUDÁVEL PELA MAIORIA DAS PESSOAS. O QUE MUITOS DESCONHECEM É QUE ATÉ MESMO ALIMENTOS SAUDÁVEIS COMO OS PEIXES SÃO CARENTES DE ALGUNS NUTRIENTES ESSENCIAIS AO ORGANISMO

Saúde Plena

“Estamos em tempo de quaresma, em que os cristãos são convidados a um período de reflexão, oração e penitência. Os quarenta dias que antecedem a Páscoa, festa ápice do cristianismo, são marcados para alguns como um período para recolher-se em reflexão para se aproximar de Deus. Esta busca inclui a oração, a penitência e a caridade.

Como penitência, os sacrifícios durante os quarenta dias podem ser escolhidos livremente, porém o mais comum é a abstinência do consumo de carnes, como entre a quarta-feira de Cinzas e a sexta-feira Santa. Muitas pessoas fazem uma dieta à base de peixes durante este período, mas é necessário tomar certos cuidados com esta prática, uma vez que o consumo exclusivo deste tipo de carne não é garantia de uma alimentação saudável e balanceada.

A nutricionista Aline Freitas explica que, em geral, as carnes brancas têm nutrientes importantes assim como a carne vermelha, porém em níveis menores de colesterol e gorduras saturadas, além de proporcionar uma melhor digestibilidade. Mas o teor de ferro, zinco e vitamina B12…” (Leia e comente)

APOSTE NO VAPOR

11/04/2011

EXPERIMENTE UMA MANEIRA MAIS SAUDÁVEL DE PREPARAR OS ALIMENTOS E REDESCUBRA AS TEXTURAS, AS CORES E OS SABORES DO QUE VOCÊ PÕE NO PRATO. SEU PALADAR E SUA SAÚDE AGRADECEM!

Planeta Sustentável – Patricia Bernal

“Se a maestria de cozinhar fosse um jogo de tabuleiro no qual o vencedor do prato mais saudável seria aquele que fizesse boas escolhas na hora de cozinhá-los, qual seria sua primeira jogada? Fritura, cozimento em água ou ao vapor? Caso a ideia fosse preservar as características naturais dos alimentos como cor, textura e sabor, a terceira opção seria a tacada certeira. “Nesse tipo de preparo o tamanho, a forma e a composição nutricional dos alimentos pouco se alteram, pois não sofrem ganhos ou perdas de água como acontece em outras formas de cocção, como a fritura e a fervura”, diz a nutricionista Ellen Yonobi, da Nutrhouse Alimentos, de Curitiba. “Nos vegetais as cores se tornam mais vivas e o gosto natural é realçado”, afirma a chef Renata Vanzetto, do restaurante Marakuthai, em São Paulo.

Infelizmente, não é tudo que se pode beneficiar com essa forma de preparo. No caso das carnes, aposte apenas nos peixes ou frutos do mar. “Como as fibras desse tipo de carne possuem menos colágeno, elas se rompem mais facilmente, possibilitando um cozimento eficiente”, diz a nutricionista Laura Fantazzini, autora do livro Nutrição e Saúde (ed. Atual).

Outra grande vantagem desse método é a maior preservação dos nutrientes. “Apesar de mais demorado, preparações ao vapor não deixam escapar vitaminas e minerais sensíveis a altas temperaturas ou que são facilmente dissolvidas em água”, afirma Laura. Nessa fuga contra o fogo intenso e a “enxurrada” de água estão o potássio, presente em grande parte das verduras e dos legumes, as vitaminas do complexo B, encontradas em vegetais escuros como espinafre,…” (Leia e comente)

11 COISAS QUE VOCÊ AINDA NÃO SABE SOBRE O DIABETE

22/11/2010

O DIABETE SE APROVEITA DA DESINFORMAÇÃO PARA SE ALASTRAR. MAS SAÚDE! QUEBRA O SILÊNCIO E REVELA AS ESTRATÉGIAS PARA NÃO DEIXÁ-LA TOMAR CONTA DA SUA VIDA

Saúde É Vital – por THEO RUPRECHT

“O canadense Frederick Banting (1891–1941), vencedor do Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1923 por ser um dos descobridores da insulina, nasceu em um 14 de novembro. Seu trabalho foi tão importante para quem sofre com altas doses de açúcar no sangue que hoje a data é reservada para o Dia Mundial do Diabete. Nela, lançam-se campanhas para informar a população sobre essa ameaça à saúde. No entanto, a julgar pelos dados recentes, muitos outros dias deveriam ser marcados no calendário para discutir o transtorno.

Ao redor do globo, 285 milhões de pessoas são diabéticas, sendo que 12 milhões delas estão no nosso país — 15% dos brasileiros padecem do problema. “E o pior é que apenas metade dessa gente sabe disso”, ressalta Carlos Eduardo Barra Couri, endocrinologista da Universidade de São Paulo, a USP, em Ribeirão Preto. Um dos motivos para esse desconhecimento tem a ver com o fato de o distúrbio geralmente ser silencioso. Ou seja, na maioria dos casos, seus estragos só serão sentidos…” (Leia e comente)

É PARA COMER ATÉ A EMBALAGEM

16/11/2010

COMO PLÁSTICOS COMESTÍVEIS E COBERTURAS NUTRITIVAS PODEM CONSERVAR OS ALIMENTOS E TORNÁ-LOS
MAIS SAUDÁVEIS

Época – Francine Lima

“Alimentos pré-lavados, fatiados e embalados são práticos, mas costumam trazer dois inconvenientes no pacote: mais plástico no lixo e um prazo de validade menor. Logo, geram desperdício. E se fosse possível encontrar frutas e hortaliças atraentes para o consumo por mais tempo, sem alteração em suas qualidades nutricionais e sem embalagens poluentes? É o que algumas empresas estrangeiras e vários laboratórios de pesquisa no Brasil estão providenciando.

Nos Estados Unidos, já é possível comprar maçãs em pedaços que não ficam marrons por 20 dias. O segredo é uma cobertura invisível, sem gosto e sem cheiro, que retarda o processo de maturação e mantém as características da fruta, inclusive o sabor e o teor de vitaminas. Trata-se, segundo a fabricante Nature Seal, de uma mistura de vitaminas e sais minerais que, aplicada à superfície das frutas e hortaliças, inibe a oxidação das enzimas…” (Leia e comente)

POR DENTRO DOS EMBUTIDOS

21/07/2010

CONHEÇA AS ORIGENS E OS SEGREDOS DAS DELÍCIAS QUE VOCÊ PODE PEDIR NA PADARIA DA ESQUINA PARA ACOMPANHAR JOGOS DE FUTEBOL OU PARA RECEBER OS AMIGOS À NOITE

Vip

“Tudo começou com a fome: na época em que carne era coisa rara (e não existia freezer), nada podia ser desperdiçado. Quando uma família matava um porco, a carne que não era comida no ato ia rechear salames e mortadelas que eram salgados e curados (ou defumados) para se conservar por meses a fio. Assim foram criados alguns dos alimentos mais deliciosos do mundo – e muito práticos, pois vão direto da loja para o seu pãozinho. A Itália é o paraíso da salumeria, nome que os nativos dão à arte de encher linguiça. Como a comunidade italiana é…” (Leia e comente)