Posts Tagged ‘Idéias’

A FAZENDEIRA QUE INSTALOU SUA PRÓPRIA REDE DE BANDA LARGA E AGORA ABASTECE COMUNIDADES BRITÂNICAS

29/12/2016

maxresdefault

BBC Brasil por Zoe Kleinman

“SOU APENAS A MULHER DE UM FAZENDEIRO”, CONTOU CHRISTINE CONDER, COM MODÉSTIA.

Mas para 2,3 mil moradores de uma comunidade rural de Lancashire, no noroeste da Inglaterra, ela é uma pioneira da internet, uma revolucionária.

Em 2009, Conder deu uma solução caseira para o problema de falta de banda larga do vilarejo. E a solução evoluiu a ponto de a iniciativa se transformar em uma provedora de internet, a B4RN (Banda Larga para o Norte Rural, em tradução livre).

O provedor oferece velocidades de 1 gigabite (1Gbps) para as comunidades do Lune Valley.

Com isso, a velocidade da banda larga local é 35 vezes maior do que a média na Grã-Bretanha, que é de cerca de 28,9 Mbps, segundo dados da Ofcom, o órgão fiscalizador das comunicações no Reino Unido.

E tudo começou quando as árvores que separavam a fazenda de Conder de uma antena de WiFi… Continue lendo

MEDITAÇÃO NÃO É RELAXAMENTO”: ENTREVISTA COM A MONJA ISSHIN

28/12/2016

n

Superinteressante por Karin Hueck

“VIVEMOS NUMA CULTURA DE INSATISFAÇÃO E AUTO REJEIÇÃO”, DIZ A LÍDER BUDISTA. PARA ELA, MEDITAR PODE SER A SOLUÇÃO.

Nascida em Washington, Kathy Havens chegou ao Brasil como musicista contratada pela Orquestra Filarmônica de São Paulo, em 1971. Já nesta época, ela flertava com o budismo. Mas sua iniciação se deu durante uma viagem ao Nepal e à Índia como intérprete. Na volta, se tornou discípula da Monja Coen, em 1996, e foi ordenada monja três anos depois, batizada de Isshin.

Psicanalista emonjam formação, missionária oficial, orientadora espiritual da Sanga Soto Zen Budista Águas da Compaixão, em Porto Alegre, e autora de livros de mindfulness, Monja Isshin, hoje com 68 anos, acredita que a meditação tem de se transformar em uma atitude perante a vida. “Queremos estar em um estado de atenção plena e total presença o tempo todo e não somente durante a meditação”,…  Continue lendo

7 LIVROS QUE FERRARAM A HUMANIDADE (OU QUASE)

27/08/2010

“L’uomo delinqüente” (O homem delinquente), Cesare Lombroso, 1876

Super Interessante – Ana Carolina Prado

“Teóricos equivocados podem causar grandes prejuízos. Já tivemos livros que incentivavam a matança de mulheres consideradas bruxas, defendiam a inferioridade de certas nacionalidades, diziam que as mulheres eram menos inteligentes que os homens. Com a ajuda de historiadores, listamos 7 livros que, por causa de teorias equivocadas, inspiraram pessoas a cometer atos e sustentar ideias desastrosas.

Os livros não estão em nenhuma ordem particular e, é claro, foi impossível listar todos eles. Comente e diga quais você acha que faltaram…” (Leia e comente)