Posts Tagged ‘Lição de Vida’

OS TRÊS RENASCIMENTOS DE CLEIDE

07/02/2010

ELA DERROTOU O INIMIGO SORRATEIRO COM FORÇA DE LEOA. NO PRIMEIRO CÂNCER, SANGROU SANGUE DE MORTE. NO SEGUNDO, FOI MUTILADA. NO TERCEIRO, QUASE VIU O FIM. MAS NUNCA DESISTIU DE VIVER. CHOROU ESCONDIDA PARA NÃO FAZER SOFRER A QUEM AMAVA. ESTA SEMANA, EMBARCA
PARA SALVADOR E SE JOGARÁ NO CARNAVAL DA BAHIA:
“QUERO BEIJAR MUITO NA BOCA”

Correio Brasiliense – Marcelo Abreu

“Ela fala da vida com um encantamento que quase ninguém entende. Extasia-se com estrelas, até aquelas que mal aparecem no céu. Para diante de qualquer pôr de sol. Dá valor a coisa com que pouca gente se importaria. E aprendeu a não ter mais pressa. O relógio dela é acertado na velocidade que desejar. No começo da conversa, sentada no sofá da sala, ela diz: “Eu não me permito sofrer mais por nada”.

Cleide Ferrari Sabino é uma mulher que foi duramente testada três vezes pela vida. Venceu com força de leoa três cânceres devastadores. Foi mutilada. Aos 35 anos, na luta contra mais um tumor maldito, olhou-se no espelho e viu um corpo que não era seu. Faltava pedaço, o símbolo da feminilidade. Sentiu-se incompleta. Inferior a qualquer mulher. Como ficar nua diante do homem que a chamava de sua? Quis chorar. Chorou escondida, sempre escondida. Chorou até as lágrimas aprenderem a virar riso. E decidiu que recomeçaria, mesmo dilacerada. Levantou-se como fênix. Criou os dois filhos. Formou-os. Trabalhou (e trabalha) como nunca.

Na próxima quinta-feira, completamente curada, ela embarca para Salvador. Passará o carnaval, pulando de felicidade, ao som da banda Chiclete com Banana. Ela se perderá na multidão…” (Leia e comente)

Anúncios

DUAS CRIANÇAS PORTADORAS DO HIV ENCONTRARAM NA AMIZADE UMA ARMA NA LUTA CONTRA A DOENÇA

19/09/2009

hiv

“UNIDAS PELA DOR E PELA ESPERANÇA, ANA E DAVI PROTAGONIZAM
A MAIS COMOVENTE HISTÓRIA DE SOLIDARIEDADE E AFETO.
A VIDA DELAS É A PROVA DE QUE A BONDADE DO SER
HUMANO AINDA PODE TRIUNFAR”

Correio Brasiliense – Marcelo Abreu

“Há um mês, um anjo entrou naquela casa com cheiro de alfazema e paredes pintadas de verde, azul e laranja. Mudou a rotina de toda aquela gente. Não, não é uma história de faz de conta nem de fadas encantadas.

Aliás, esta história nada tem de mentirinha. É feita de dor, lágrimas, preconceito, quase fim, renascimento e uma esperança infindável. O anjo que chegou àquele lugar tem 7 anos, não anda, não fala, não enxerga. Mas escuta bem. É o sentido que o mantém ligado ao mundo. Que o faz sorrir. E o que o encanta…” (Leia mais e comente a matéria)

A MAIOR VIAGEM

04/09/2009

SURF

Trip – Paulo Anis Lima

“ACREDITAMOS QUE A MORTE DEVA ESTAR MAIS PERTO DOS NOSSOS OLHOS PARA VIVERMOS MAIS E MELHOR”

“O surf ensina muito a quem está a fim de aprender. Ele, em sua forma pura, uma manifestação límpida e evidente de vida, ensina sobre coisas variadas. Inclusive sobre a morte. Mostra a todo tempo nossa fragilidade diante das forças que nos rodeiam, nos lembra que ela está por perto e assim nos faz fruir mais e melhor os momentos vividos. O surf também ensina a viajar, a ir além, a procurar o desconhecido e a encará-lo como a perspectiva de algo maior e melhor, deixando o medo num compartimento muito pequeno e quase inacessível da bagagem, junto ao kit de sobrevivência…” (Leia mais e comente a matéria)