Posts Tagged ‘Mulher’

OTIMISMO PODE EVITAR INFECÇÕES, AVC, CÂNCER, DOENÇAS CARDÍACAS…

08/12/2016

3b23913d00000578-4009072-a_new_study_has_revealed_that_women_who_are_optimistic_are_less_-a-29_1481126018440

Superinteressante por Karin Hueck

O ESTUDO FOI FEITO COM 70 MIL MULHERES. E MOSTROU QUE AS MAIS POSITIVAS TINHAM UMA PROBABILIDADE
30% MENOR DE MORRER.

Achar que as coisas vão dar certo pode fazer com que você viva mais – especialmente se você for mulher. Uma pesquisa da Escola de Saúde Pública T. Chan, de Harvard, mostrou que quem tem uma atitude positiva diante da vida corre menos risco de morrer de câncer, doenças cardíacas, AVCs, doenças respiratórias e infecções.

A pesquisa, muito consistente, analisou um período de oito anos na vida de 70 mil mulheres – e a cada dois anos, colhia dados das voluntárias, como pressão arterial e o nível de atividade física. As participantes foram divididas de acordo com a sua propensão para o otimismo…. Continue lendo

Anúncios

A VEREADORA OCTAGENÁRIA

03/11/2016

02-credito-camaramunicipaldecuritiba

Revista TPM por Marília Dissenha – Foto divulgação CMC

A PESSOA MAIS VELHA ELEITA VEREADOR NO BRASIL É MULHER E EM 12 ANOS DE CÂMARA NUNCA FALTOU OU SE ATRASOU PARA O TRABALHO. COM QUASE 89 ANOS, DONA LOURDES AINDA QUER FAZER MAIS NO PRÓXIMO MANDATO

Maria de Lourdes Beserra de Souza, mais conhecida como Dona Lourdes do Santa Quitéria, ocupa um gabinete na Câmara Municipal de Curitiba há 12 anos. Em 2017, ela segue no ofício como a candidata mais velha eleita no Brasil: no dia 3 de dezembro, completa 89 anos de idade, feliz e disposta. “Em todos esses anos de Câmara, não faltei nenhum dia, nunca me atrasei ou justifiquei. Então, é a prova de que eu tenho saúde e estou bem, né?”

O interesse pela política sempre existiu, embora a primeira candidatura tenha vindo apenas quando já estava aposentada, após 30 anos… Continue lendo

O FEMININO MORA AQUI

01/11/2016

1457464541_444091_1457464707_noticia_normal

Carta Capital por Ana Ferraz

NA BANDA AS BAHIAS E A COZINHA MINEIRA, RAQUEL VIRGÍNIA E ASSUCENA CANTAM A DOR DE SER MULHER

Em fase de transição, antes de adotar o nome atual, Raquel Virgínia viajou para o sertão de Alagoas. Na cabeça em turbilhão e nos sentimentos à flor da pele, o medo da não aceitação pulsava forte. Foi às margens do São Francisco de cintilações verde-esmeralda e azul-profundo que uma onda de paz apaziguou-a.

Com naturalidade, os pescadores com quem conversava entenderam que Rafael seria mais feliz se mudasse… Continue lendo

AUMENTAM PROCESSOS CONTRA MULHERES DE BAIXA RENDA QUE FIZERAM ABORTO

07/08/2011

Correio Brasiliense – Renata Mariz

“Embora uma em cada sete mulheres, de todas as classes sociais, tenha feito aborto no Brasil, conforme atestam dados oficiais, apenas a parte mais frágil desse contingente é processada como criminosa. O artigo 124 do Código Penal, que estabelece pena de um a três anos de reclusão para quem interrompe de forma voluntária a própria gestação, parece existir somente para rés com pouca escolaridade, que trabalham como empregadas domésticas, muitas com filhos e quase todas vivendo com namorados ou maridos. Elas tomam a decisão com seus companheiros, submetem-se à clandestinidade na hora de comprar os abortivos, os usam conforme instruções escritas muitas vezes à mão pelo vendedor. Diante de uma complicação, vão ao hospital público, de onde saem indiciadas.

O perfil dessas mulheres e como chegam às mãos da Justiça, questões até então desconhecidas, foram reveladas por um estudo realizado pela Universidade de Brasília (UnB) e pelo Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero (Anis), com financiamento do Conselho Nacional…” (Leia e comente)

 

MARY DEL PRIORE

29/07/2011

HISTORIADORA DEBATE BARBIE, ABORTO, EROTISMO E OS MITOS QUE A MULHER LEVA PARA A CAMA

Revista TPM – Nina Lemos

“A historiadora Mary Del Priore, 59 anos, odeia a boneca Barbie. Explica-se. Segundo ela, foi com a chegada da boneca da Mattel ao Brasil, nos anos 70, que a mulher brasileira começou a ficar obcecada em ser loira, magra, consumista. “A Barbie ensina as crianças a serem putas”, diz essa senhora distinta, autora de 29 livros, o mais recente deles, Histórias Íntimas, um panorama sobre o erotismo e a intimidade no Brasil.

Mary é uma especialista em história brasileira com todas as credenciais de intelectual de sucesso. Foi professora na USP e fez doutorado na França. Mas ela gosta mesmo é de contar histórias, seja em romances ou em livros como Corpo a Corpo com a Mulher ou História do Amor no Brasil, ambos com mais de 40 mil exemplares vendidos. Sim, Mary é uma escritora de best-seller (o seu mais recente livro ocupava até o fechamento da edição o primeiro lugar na lista dos mais vendidos…” (Leia e comente)

DUAS MULHERES – DUAS ABOLIÇÕES?

22/11/2010

QUESTÕES IDEOLÓGICAS

FLC – Socialismo e Liberdade – Lonardo Boff

“É fato notável a ascensão de mulheres, em muitos países do mundo, ao status de chefes de Estado e de governo. Isso revela uma mutação do estado de consciência que se está operando no interior da humanidade. Foi mérito principal da reflexão feminista que já possui mais de um século inaugurar esta transformação. As mulheres começaram a se ver com os próprios olhos e não mais com os olhos dos homens. Descobriram sua identidade, sua diferença e a relação de reciprocidade e não de subordinação frente aos homens. Produziram talvez a crítica mais consistente e radical da cultura, marcada pelo patriarcalismo e pelo androcentrismo.

O patriarcado designa uma forma de organização social centrada no poder exercido pelos homens dominantes, subordinando e hierquizando todos os demais. O androcentrismo se caracteriza por estabelecer como padrão para todos, as formas  de pensamento e de ação características dos homens. Eles são o sol e os demais, como as mulheres ou outras culturas,…” (Leia e comente)

CRÔNICA DO AMOR

30/08/2010

Pensador.Info – Arnaldo Jabor

“Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.

Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.

Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.

Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.

Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.

Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina Natal e ela detesta o Ano Novo, nem no
ódio vocês combinam. Então?…” (Leia e comente)

MULHER, QUEM PODERÁ ENTENDÊ-LA

06/06/2010

Portal Literal – Joelson Cardozo

“Desde que me conheço por gente (ou até antes), ouço falarem das mulheres como “seres incompreensíveis” por seus jeitos e feitos possuirem um mistério para o público masculino. Nos dias de hoje, estes termos críticos, muitas vezes destrutívos ainda são usados, fala-se muito sobre esta incompreensão, porém é mais aceito devido a situação da mulher atual e suas características, no entanto tais “características” são na verdade evidências de um potencial imenso que a mulher traz consigo, uma capacidade de ser ótima Profissional, Líder, Mãe e em especial, MULHER.

Afinal de contas, Algum homem já tentou entender outro homem? Certamente que não, (um ser sistemático, cabeça dura, teimoso de doer quando se trata de estar certo ou ser o dono da razão, mão fechada, ranzinza… ∞), a verdade é que somos uma espécie de comunidade que se aceita com espontaneidade, isto não significa que haja uma compreensão do quê ou o quê pode ser um homem. Eu que o diga, afinal de contas sou homem e como todos, possuo muitos dos defeitos acima listados e em conformidade com a maioria de nós homens, tenho um gosto por quadrinhos e seus heróis. Se a minha vida fosse em quadrinhos, minha esposa seria a minha heroína.

Mulher, ser frágil e delicado (nunca deixem de ser assim), pois são princípios do “ser Mulher” e não serão inferiores devido a delicadeza e fragilidade,…” (Leia e comente)

ANSIEDADE É UMA DAS GRANDES VILÃS DA COMPULSÃO ALIMENTAR

04/05/2010

A MELHOR MANEIRA DE ESPANTAR A ANSIEDADE E A BUSCA CONSTANTE PELA COMIDA É A PRÁTICA DE OUTRAS ATIVIDADES
QUE DÊEM PRAZER E AJUDEM.

Corpo a Corpo

“Uma discussão no trabalho, problemas escolares com os filhos, estar acima do peso esperado ou até um pequeno acidente de trânsito deixam muitos extremamente irritados e estressados. Mas situações de estresse ou de ansiedade podem ser grandes vilãs na vida das mulheres, afinal muitas delas tentam compensar esta sensação desagradável atacando a geladeira, chegando inclusive à compulsão.

A ansiedade é velha conhecida de muitas mulheres, seja por pequenos períodos ou uma constante, não há quem já não tenha convivido com ela. É uma emoção subjetiva, geralmente acompanhada pela sensação desagradável de incerteza, seja sobre o futuro ou uma situação de perigo, que muitas vezes é inexistente ou pouco significativa. Quando a mulher corre para a geladeira tem a impressão que o alimento oferece um alívio a esta sensação,…” (Leia e comente)

A DEPILAÇÃO A LASER PODE PREJUDICAR A SAÚDE HUMANA?

13/04/2010

ESSE TIPO DE DEPILAÇÃO É CADA VEZ MAIS COMUM, SOBRETUDO ENTRE AS MULHERES. EM RESPOSTA A NOSSA LEITORA, UM ESPECIALISTA EXPLICA SE O CONTATO SUCESSIVO COM ESSA FONTE DE LUZ PROVOCA EFEITOS INDESEJÁVEIS NO ORGANISMO.

Ciência Hoje – Paulo Eduardo Neves Ferreira Velho

“A palavra laser é um acrônimo formado pelas iniciais de Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation. Significa, portanto, uma amplificação da luz pela emissão estimulada de radiação. Isso envolve a liberação de ondas luminosas chamadas fótons, que são emitidos por elétrons excitados.

Na pele, essa energia luminosa é absorvida por estruturas-alvo e convertida em energia térmica. No caso do pelo, a melanina – pigmento que dá a cor à pele, aos pelos e aos cabelos – é a estrutura-alvo (cromatóforo) onde a energia luminosa se converte em energia térmica. É por isso, aliás, que os pelos claros não respondem tão bem a essa terapia quanto os pelos escuros.

Os efeitos indesejáveis desse tipo de tratamento decorrem do calor liberado. Não há, porém, caráter cumulativo dessa irradiação. Isso é diferente do que ocorre com a radiação ultravioleta emitida pelo Sol…” (Leia e comente)