Posts Tagged ‘Pobreza’

OS POLITICAMENTE CORRETOS

11/04/2011

CONHEÇA ALGUNS DOS ARTISTAS DO MUNDO DA MÚSICA QUE INVESTEM EM CAUSAS SOCIAIS E ECOLÓGICAS

Bravo

“Temas que antes pertenciam a discursos dos rotulados “bichos grilos”, como preocupação com o meio ambiente, questões sobre pobreza e educação, hoje estão cada vez mais presentes na fala dos artistas. Muitos músicos passaram a dividir a sua agenda entre shows e iniciativas sociais. Conheça algumas bandas que abraçaram esta causa.

Scorpions

Em agosto de 2007, o grupo alemão de hard rock Scorpions se apresentou para cerca de 40 mil fãs no sambódromo de Manaus, no Amazonas. Em parceria com o Greenpeace, organização global e independente que atua em defesa ao meio ambiente, a apresentação visava chamar a atenção do público para os perigos do desmatamento da Floresta Amazônica – no palco, os músicos exibiram uma faixa com os dizeres: “Chega de desmatamento! Sem Amazônia não há futuro”.

No ano seguinte, a banda voltou ao Brasil em uma turnê mundial dedicada a causa, Humanity World Tour – Acoustica. Resultado dos shows, o DVD Amazônia – Live in the Jungle, que conta com as apresentações de Recife e Manaus, teve sua venda, no Brasil e México, destinada a projetos ambientais.

Jack Johnson

Em 2008, o cantor havaiano de soft rock Jack Johnson e sua esposa, Kim, fundaram, com os frutos da turnê do mesmo ano, a Johnson Ohana, organização de caridade em prol de causas ambientais, artes e educação musical. Até o momento, a Fundação já arrecadou 1,3 milhões de dólares.

Mais tarde, Johnson criou também a All At Once, uma rede social de ação que integra e levanta fundos para grupos não lucrativos. No ano passado ela recebeu 525 mil dólares angariados na turnê To The Sea. A campanha de 2010 da rede contribuiu com 220 grupos comunitários ao redor do mundo destinado a iniciativas para redução de utilização de plástico, educação ambiental,…” (Leia e comente)

Anúncios

POBREZA NO BRASIL CAI MAIS RÁPIDO DO QUE DESIGUALDADE DE RENDA

18/01/2010

APESAR DE DIMINUIÇÃO DA POBREZA, DESIGUALDADE
CAI POUCO, MOSTRA IPEA

Fundação Lauro Campos – Bruno Bocchini

“Apesar de obter bons resultados na redução da pobreza no país, o Brasil não tem conseguido enfrentar com eficiência a desigualdade de renda.

Dados divulgados hoje (12) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostram que a desigualdade caiu 0,6% nos últimos cinco anos (2004-2008), enquanto a pobreza extrema decresceu 1,8%, e a pobreza absoluta, 3,1%. (São considerados pobres extremos aqueles que recebem até 25% de um salário mínimo por mês, enquanto os pobres absolutos dispõem mensalmente de até 50% de um salário mínimo.)

“A pobreza é um fenômeno que permite ser enfrentado com crescimento econômico e com medidas de transferência de renda. No caso da desigualdade, ela não se reverte apenas com esse tipo de ação. Ela exige ações mais sofisticadas, que dizem respeito a redistribuição da própria riqueza gerada. Portanto, passa por políticas de tributação e não só políticas de gastos e despesas sociais”, explica o presidente do Ipea, Marcio Pochmann.

De acordo com o Ipea, se o país mantiver, nos próximos seis anos, o mesmo ritmo de queda da pobreza e da desigualdade observados nos últimos cinco anos, o Brasil terá, em 2016, uma taxa de pobreza extrema de 0% (em 2008 era de 10,5%), e de pobreza absoluta de 4% (em 2008 era de 28,8%)…” (Leia e comente)

BRASIL É LÍDER NO COMBATE À FOME ENTRE EMERGENTES, DIZ ONG

16/10/2009

fome

“O BRASIL É LÍDER NO COMBATE À FOME ENTRE OS PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO, DE ACORDO COM UM RANKING ELABORADO PELA ONG ANTIPOBREZA ACTION AID E PUBLICADO NESTA SEXTA-FEIRA PARA MARCAR O DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO.”

BBC Brasil

“Segundo o documento, o país demonstra “o que pode ser atingido quando o Estado tem recursos e boa vontade para combater a fome”.

A lista foi elaborada a partir de pesquisas sobre as políticas sociais contra a fome em governos de 50 países. A partir da análise, a ONG preparou dois rankings – um com os países em desenvolvimento, onde o Brasil aparece em 1º lugar, e o outro com os países desenvolvidos, liderado por Luxemburgo.

Em último lugar na lista dos desenvolvidos está a Nova Zelândia, abaixo dos Estados Unidos. Entre os países em desenvolvimento, a República Democrática do Congo e Burundi aparecem nas últimas colocações…” (Leia mais e comente a matéria)