Posts Tagged ‘Sustentabilidade’

COPO COMESTÍVEL DE ALGA PODE SUBSTITUIR DESCARTÁVEIS

04/05/2011

Super Interessante – Débora Spitzcovsky

“Copo descartável, que gera lixo e demora centenas de anos para se decompor, ou copo de vidro, que constantemente precisa ser lavado com água e detergente? Em meio às discussões sobre a forma mais sustentável de consumir líquidos, o escritório de design norte-americano The Way We See The World desenvolveu um copo que pode, finalmente, encerrar esse debate: o Jelloware.

Feito de ágar-ágar, um tipo especial de gelatina de algas, o copo é comestível e, por isso, resolve todos os problemas relacionados à produção de lixo, desperdício de água e poluição, debatidos no consumo dos demais tipos de copo.

Coloridos e maleáveis, os Jellowares são fabricados em três versões – limão e manjericão, gengibre e hortelã e alecrim e beterraba –, dando ao consumidor a chance de escolher o sabor que melhor combina com a sua bebida.

O produto só requer dois cuidados: se não for consumido imediatamente,…” (Leia e comente)

Anúncios

MESTRA DA SUSTENTABILIDADE

24/11/2010

DEPOIS DE PRATICAR O CONSUMO CONSCIENTE E PREFERIR UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, QUAIS SERIAM OS PASSOS EM
DIREÇÃO A UMA VIDA MAIS EQUILIBRADA?

Vida Simples – Liane Alves / Foto: Paulo Freitas

“Simone Ramounoulou é uma daquelas profissionais cujo currículo já dá a estatura de sua atuação como instrutora de temas relativos ao meio ambiente e ao desenvolvimento da consciência como um todo. Consultora em vários projetos internacionais, é diretora-executiva no Brasil da World Business Academy, que congrega empresários e executivos do mundo todo, do Institute of Noetic Sciences, mais centrado nas possibilidades da mente e da consciência, do Clube de Budapeste e dos Encontros da Rede Global de Educação para a Paz – Construindo uma Cultura Planetária, um programa feito em parceria com a Unesco.

Brasileira, simpática e firme em suas posições, Simone é filha de pai francês e mãe italiana. Estudou em Genebra na primeira escola de cultura global ligada à ONU e seu trabalho hoje é justamente ministrar cursos e implantar programas na área de educação e conscientização da realidade ambiental do planeta. Seu trabalho é desenvolvido na William Harmann House do Brasil, que fica no Espaço Antakarana, em São Paulo, do qual ela é uma das cofundadoras. Atualmente, ela é também coordenadora-geral do programa sueco The Natural Step (O Passo Natural),…” (Leia e comente)

WORKSHOP PROPÕE JOGO SOBRE NEGÓCIOS SUSTENTÁVEIS

19/01/2010

DE 29 A 31 DE JANEIRO, EMPREENDEDORES PODERÃO PARTICIPAR DO WORKSHOP SOBRE O JOGO DE TABULEIRO “NEGÓCIO SUSTENTÁVEL” PARA APRENDER E DISSEMINAR A
TÉCNICA DA “COOPETIÇÃO”, EM QUE COMPETIÇÃO
E COOPERAÇÃO SE MISTURAM

Planeta Sustentável – Débora Spitzcovsky

“A forma insustentável de fazer negócios ainda predomina na sociedade, mas cada vez mais alternativas para um mercado mais sustentável – que não deixe de ser lucrativo – aparecem pelo mundo afora. A mais nova delas é o jogo de tabuleiro Negócio Sustentável, que apesar de ter formato de brincadeira de criança, trata de assunto de gente grande.

Assim como no War, cada participante tem um objetivo territorial a cumprir, que é imposto por duas cartas sorteadas no início do jogo. A diferença é que a conquista do território deve ser feita a partir de negociações que, além da vantagem pessoal, levem em conta a sustentabilidade do lugar e o bem-estar das outras regiões do planeta.

Ou seja, o vencedor é aquele que conseguir, primeiro, criar um padrão de vida sustentável para todos os participantes, sem deixar de lucrar. A ideia é promover uma “coopetição” – competição com cooperação –, que leve em conta cinco aspectos diferentes: pessoas,…” (Leia e comente)

MOSTRA CONEXÃO SOLIDÁRIA: INCENTIVO À ECONOMIA SOLIDÁRIA

27/10/2009

conexao solidaria

“ENTRE OS DIAS 28 E 31 DE OUTUBRO, A 1ª MOSTRA CONEXÃO SOLIDÁRIA – PROMOVIDA PELA AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO SOLIDÁRIO – APRESENTARÁ PRODUTOS E SERVIÇOS DE COOPERATIVAS E ASSOCIAÇÕES BRASILEIRAS. O EVENTO CONTARÁ, TAMBÉM, COM O 1º SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE COMÉRCIO JUSTO, QUE DISCUTIRÁ AS OPORTUNIDADES
DO BRASIL NA ECONOMIA SOLIDÁRIA”

Planeta Sustentável – Débora Spitzcovsky

“Visando a democratização da economia, o setor da economia solidária diz respeito aos produtos e serviços gerados a partir de negócios autônomos – em cooperativas e associações –, que valorizam o pilar econômico, mas também o social, se preocupando com o bem-estar dos trabalhadores, e o ambiental – respeitando os recursos naturais.

A fim de incentivar esse setor da economia, a ADS – Agência de Desenvolvimento Solidário promoverá, de 28 a 30 de outubro, em São Paulo, a 1ª Mostra Conexão Solidária. Com exposição de produtos e serviços confeccionados e comercializados por trabalhadores autônomos, o evento pretende mostrar aos empresários o valor desse tipo de trabalho – nos setores econômico, ambiental e social – e as técnicas que podem ser usadas para incorporar a economia solidária aos negócios, agregando, assim, responsabilidade social às empresas…” (Leia mais e comente a matéria)

PESQUISA DA CNA INDICA QUE 46% DOS ASSENTADOS COMPRARAM A TERRA DE TERCEIROS

14/10/2009

assentados

Globo Rural

“A maioria dos assentados do país, mais precisamente 37%, tem renda familiar de até um salário mínimo. O dado é fruto de uma pesquisa sobre assentamentos rurais encomendada pela CNA – Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil – ao Ibope. Ainda de acordo com o levantamento, 35% têm renda entre um e dois salários mínimos e 26% tem renda de mais de dois salários mínimos.

Para a presidente da CNA, a senadora Kátia Abreu (DEM-TO), o indicador sobre renda é um dos mais alarmantes do estudo. “Talvez esse seja o dado mais crítico: cerca de 40% dos assentamentos pesquisados têm renda individual de um quarto de salário mínimo. Isso significa que temos 40% dos assentados vivendo em situação de extrema pobreza”, afirmou. Segundo ela, o número mostra que a posse da terra não gera automaticamente renda. É necessário, afirmou, investimentos em tecnologia e assistência técnica na hora da comercialização do produto para realmente gerar renda para o agricultor…” (Leia mais e comente a matéria)

SEQUOIAS, AS SUPERÁRVORES

13/10/2009

sequoias

“ELAS CHEGAM A SER AS ÁRVORES MAIS ALTAS DO PLANETA. PROPORCIONAM MADEIRA, GERAM EMPREGOS, PROTEGEM MANANCIAIS E OFERECEM REFÚGIO PARA INÚMERAS ESPÉCIES DA FLORESTA.
ISTO É, SE NÓS PERMITIRMOS.”

National Geographic – Joel K. Bourne, Jr. / Foto: Michael Nichols

“Em uma encosta na Califórnia repleta de sequoias enfezadas e arbustos venenosos, Mike Fay deu um passo em falso, escorregou e sentiu uma lasca na parte superior de seu pé esquerdo. Depois de andar centenas de quilômetros no mato calçando sandálias, ele estava acostumado com esse tipo de agressão contra seus pés de 52 anos. Mas aquela era a mãe de todas as estilhas. Ela foi desviada por um osso, alojou-se em um tendão e dali se recusou a sair. Por fim, sua parceira de trilha, Lindsey Holm, após vários puxões com um alicate, conseguiu remover a lasca de madeira.

“Foi uma das dores mais fortes que já senti”, conta Fay. Para alguém que já foi ferido 16 vezes pelas presas de um elefante, dá para imaginar como o caso era sério. Mas ele enfaixou o ferimento, recolocou a mochila e saiu andando. Depois de três décadas ajudando a preservar as florestas africanas, Mike Fay, biólogo da Wildlife Conservation Society e explorador-residente da National Geographic Society, descobriu uma nova paixão: as sequoias. Sua obsessão pelas árvores gigantes surgiu anos atrás, depois de ter concluído o Megatransect, sua exploração da maior floresta intocada que resta na África. Certo dia, quando dirigia pelo litoral norte da Califórnia, Fay topou com trechos desmatados e florestas secundárias ralas. Em outra ocasião, num parque estadual, o tronco cortado de uma velha sequoia, medindo 1,8 metro, atraiu sua atenção. No cepo avermelhado haviam sido fixadas várias plaquetas e uma delas dizia: “Colombo, 1492”.

“A que mais me impressionou estava a 8 centímetros da borda”, diz Fay. “‘Corrida do Ouro, 1849.’ Foi então que me dei conta de que, nesses derradeiros centímetros…” (Leia mais e comente a matéria)

AMAZÔNIA PODE FICAR 10ºC MAIS QUENTE ATÉ 2060, DIZ ESTUDO

01/10/2009

amazonia pegando fogo

“UM AQUECIMENTO GLOBAL DE 4ºC DEVE TER CONSEQUÊNCIAS DRAMÁTICAS PARA A AMÉRICA LATINA E PODE SUBIR AS TEMPERATURAS NA REGIÃO AMAZÔNICA ENTRE 8ºC E 10ºC, O QUE LEVARIA À DESTRUIÇÃO DE GRANDE PARTE DA FLORESTA, DE ACORDO COM UM NOVO ESTUDO DO DEPARTAMENTO DE METEOROLOGIA BRITÂNICO (MET OFFICE).”

BBC Brasil – James Painter

“O cenário catastrófico pode se tornar realidade já em 2060 – quatro décadas antes do previsto pelo Painel Intergovernamental para Mudanças Climáticas (IPCC).

“Nas nossas melhores estimativas, um aquecimento global de 4ºC aconteceria na década de 2070. Mas em uma situação extrema plausível isso poderia acontecer em 2060”, disse à BBC Brasil o pesquisador Richard Betts, do Hadley Centre, a unidade do Met Office que estuda mudanças climáticas.

Os novos modelos climáticos computadorizados do Hadley Centre foram divulgados durante uma conferência na Universidade de Oxford e simulam situações em que altas emissões de dióxido de carbono são amplificadas pelo efeito de retroalimentação (feedback) dos ciclos de carbono…” (Leia mais e comente a matéria)

HORA DE ACORDAR

19/09/2009

acordar

WWF

Em 21 de setembro, os parceiros da Campanha TicTacTicTac, em conjunto com milhares de indivíduos, farão  soar o alarme global em cidades, municípios e comunidades por todo o mundo.

O WWF-Brasil já faz parte desse movimento. Você também pode participar. Localize no mapa o evento mais próximo de você e se inscreva. Se quiser crie sua própria atividade, convide seus amigos e mostre ao mundo que você faz parte desse movimento.

Utilize alarmes, telefonemas, eventos e performances, nós precisamos da sua ajuda para organizar uma mobilização em massa e fazer muito barulho na segunda-feira, dia 21 de setembro, véspera do encontro de chefes de estado em Nova York e da conferência do G20 em Pittsburgh.

Queremos um acordo global de clima justo e ambicioso a ser assinado em Copenhague em dezembro. Para isso será preciso fazer pressão suficiente para que os líderes mundiais não o possam ignorar…” (Leia mais e comente a matéria)

VÍDEOS RELACIONADOS

GOVERNO FEDERAL DIVULGA ZONEAMENTO AGROECOLÓGICO DA CANA-DE-AÇÚCAR

18/09/2009

cana

Globo Rural

A proposta de zoneamento agroecológico da cana-de-açúcar, lançada nesta quinta-feira (17/09) pelo governo federal, proíbe a construção de novas usinas e a expansão do plantio em qualquer área da Amazônia, do Pantanal, da Bacia do Alto Paraguai ou em vegetação nativa de outros biomas. O projeto ainda será encaminhado ao Congresso Nacional.

Essas áreas, somadas àquelas onde o plantio já não é permitido, como as unidades de conservação e terras indígenas, fazem com que fique proibido o plantio da cana em 92,5% do território brasileiro. As proibições previstas pelo zoneamento estabelecem que estarão aptos ao plantio da cana-de-açúcar 64 milhões de hectares. Considerando os novos critérios, a expansão da cana-de-açúcar poderá ocorrer em 7,5% do território nacional…” (Leia mais e comente a matéria)

ENTIDADES SE MOBILIZAM PARA O CLEAN UP THE WORLD 2009

18/09/2009

clean up

AmbienteBrasil – Danielle Jordan

“Neste sábado, dia 19, comemora-se o Clean Up The World. Em todo o mundo serão promovidas ações de limpeza para reduzir os efeitos da poluição e da degradação.

Os resíduos coletados serão catalogados, para gerar um Relatório Final para o Programa Ambiental da Organização das Nações Unidas, ONU/UNEP, e destinados às cooperativas e instituições de reciclagem.

No Rio de Janeiro diversas atividades serão promovidas. Em ação realizada pelo Insituto Lagoa Viva, na praia do Pepê (Barra da Tijuca) e Projeto Limpeza na PraiaInstituto Ecológico Aqualung, uma visitante ilustre vai acompanhar os trabalhos. A Embaixadora da Campanha Internacional do Clean Up the World, Céline Cousteau, neta do legendário Jacques Cousteau, escolheu a cidade para participar, por ser uma das mobilizações que mais cresceu nos últimos anos no mundo…” (Leia mais e comente a matéria)